domingo, 11 de dezembro de 2016

Derrota ingloria na despedida da primeira volta




"Há riqueza bastante no mundo para as necessidades do homem, mas nunca para a sua ambição"
(Mahatma Gandhi )

O Ninense saiu derrotado esta tarde no terreno do Esposende por duas bolas a uma. 
O jogo começou repartido, mas o golo ninense chegaria logo aos treze minutos, com uma assistencia de Xavier e Socrates de cabeça a fazer um chapeu de belo efeito a Stray. 
Pouco depois, o Ninense quase dilataria o marcador, com Nelson Oliveira a falhar a emenda ao segundo poste. Aquilo que parecia ser um jogo tranquilo e equilibrado rapidamente mudou de figurino.
Alegria inicial ninense depressa mudou face ás incidencias do jogo
Perto da meia hora de jogo, Tiago Oliveira trava um contra-ataque e leva o primeiro amarelo do desafio. Dois minutos volvidos, Venú recebe ordem de expulsão com dois cartões amarelos no mesmo minuto. Um par de minutos depois, é Tiago Oliveira quem vê o segundo cartão amarelo por uma falta no minimo discutivel no meio campo do terreno de jogo. 
 Um pouco inexplicavelmente, e em apenas oito minutos de jogo, o Ninense ficava com menos duas unidades em campo e partiria assim para o segundo tempo.
Com superioridade numerica, o treinador Carlos Viana reforçou a linha avançada ao intervalo com duas unidades frescas para o ataque. 
No entanto, alguma indifinição e falta de pontaria do ataque local, a juntar a duas valorosas defesas de João Sampaio arrastaram a magra vantagem ninense até ao novo lance polemico já na etapa final da partida, que desbloqueou o jogo novamente.
Num rapido contra-ataque os da casa, um jogador recebe a bola pela direita em claro fora-de-jogo e , sem dificuldade, assiste um colega para o golo da igualdade. 
Já nos minutos finais , o Esposende acabaria mesmo por dar a volta ao resultado, fruto tambem do desgaste da equipa ninense que jogara quase uma hora com menos dois atletas em campo. 
David Santos poderia ter mesmo assim empatado nos descontos, mas Stray negou o golo ao remate do jovem jogador ninense.


Com os objectivos propostos para a temporada a serem cumpridos, continuamos unidos no nosso caminho, crentes que menos dias tristes e infelizes virão e  que nem sempre iremos encontrar trilhos sinuosos pelo percurso como hoje.  

Um santo e Feliz Natal para todos, 






Sem comentários:

Publicar um comentário