domingo, 17 de dezembro de 2017

Nova vitoria a selar fim da primeira volta


Ninenses com exibição de luxo levaram de vencida o Prado por dois golos sem resposta.

A equipa famalicense terminou o ano desportivo com mais uma vitoria perante os seus adeptos ao receber e vencer o Prado.Os comandados de Hugo Santos realizaram uma das melhores partidas da temporada, e o jogo teve sentido unico praticamente durante os 90 minutos. Logo no segundo minuto do desafio, Ventura poderia ter inaugurado o marcador, mas a bola saiu por cima da trave.  No entanto , o golo ninense acabaria por acontecer perto do quarto de hora de jogo, com Rui Gomes a capitalizar de forma soberana uma grande penalidade ( a primeira da temporada, por sinal) por mão na bola do central visitante. 
Ainda assim, o Prado poderia ter feito a igualdade logo de seguida, não fosse uma defesa de classe de Marafona a remate de Diogo Coelho.  A primeira parte não registou mais lances de perigo, com o Ninense a controlar as tenues investidas dos visitantes e a manter a vantagem até ao intervalo. 
A segunda parte trouxe um Prado mais ambicioso, mas esta equipa ninense passa um bom momento, respirando confiança e solidariedade, e os forasteiros, embora a dada altura optassem pelo futebol direto, esbarravam sempre na muralha defensiva comandada por Marafona e seus pares. 
O jogo ia seguindo o seu rumo e os treinadores foram promovendo alterações no onze. Hugo Santos fez entrar Socrates e Nuno Afonso na partida, e o treinador ganhou a aposta , já que minutos depois , o duo ninense "construiu" o segundo golo da partida. Bola bombeada para a area, assistencia de Socrates para Nuno Afonso e o jogador ninense a marcar um golo de belo efeito , com um pontapé de bicicleta a deixar pregado no chão o guardião João Luis. Nuno Afonso estava endiabrado, e por mais um par de vezes quase que aumentava o marcador.
Do outro lado, o treinador Roger Bastos jogou todas as cartas disponiveis  e fez entrar Dino e Reko  para o jogo, curiosamente dois jogadores que acabariam por serem expulsos da partida escassos minutos após as suas entradas.  Já no periodo final da partida, Nuno Afonso faz falta sobre Dino, o juiz da partida dá a lei da vantagem ao jogador pradense, mas este, entendeu tirar esforço sobre o adversario, com uma entrada á margem das leis, não deixando outra alternativa senão a sua expulsão. Pelo meio , o atacante forasteiro ainda tentou agredir o juiz da partida, sendo demovido por alguns colegas em campo. Lamentável.  Dois minutos depois seria Reko quem iria tomar banho mais cedo, ao entrar a pés juntos sobre o ninense Martins.   O jogo acabaria pouco depois, com uma vitoria justa e merecida da unica equipa que quis deliberadamente ganhar a partida , e que pautou o seu jogo pelo equilibrio emocional ao invés do seu oponente que acabou o desafio de cabeça perdida.
Apesar dos muitos cartões amarelos e das expulsões, esteve jogo esteve longe de ser uma batalha campal ou algo do genero. Na verdade, grande parte da ação disciplinar foi por contestação dos visitantes ao trio de arbitragem. No entanto, há que referir , o trio de juizes liderado por João Ribeiro esteve seguro e assertivo nos lances capitais da partida, mostrando personalidade e não se intimidando pelas incidências do desenrolar do desafio. 

Com esta vitoria, o Ninense subiu ao oitavo posto da classificação, fechando a primeira volta com onze partidas seguidas (contando a da Taça) sem conhecer o sabor da derrota. 
Rui Gomes abriu o marcador de grande penalidade

Ficha de jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 17ª Jornada 

Complexo Desportivo de Nine 

AD NINENSE 2 - GD PRADO 0 

Arbitro : João Ribeiro auxiliado por Valentim Barroso e Paulo Faria 

Pelo Ninense jogaram: Marafona , Novo, Pinheiro, Paulo Ricardo, Rochinha, Xavier, Venú (Martins 85 m), Jonas, Ventura (Nuno Afonso 71 m), Tiago Silva (Socrates 63 m) e Rui Gomes .
Treinador: Hugo Santos

Pelo Prado jogaram: João Luis, Neno, Sergio, Rafa (Moreira 75 m) , Bruno Rocha, Bruno Silva, Ferreira, Ruizinho (Reko 71 m), Diogo Coelho (Dino 80 m), Diogo e Duarte. 
Treinador : Roger Bastos 

Marcador: Rui Gomes (1-0 aos 13 m G.P.), Nuno Afonso (2-0 aos 75 m). 

Disciplina: Amarelos : Venú ( 34 m), Rochinha (37 m), Neno ( 66 m), Bruno Silva ( 66 m),Pinheiro ( 67 m), Nuno Afonso (88 m).
Vermelho direto para Dino (88 m) e Reko (90+1 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário