domingo, 28 de janeiro de 2018

Ninense já está na Quinta Eliminatoria da Taça


Diogo Novo continua decisivo: marcou golo do empate ja ao cair do pano
Ninenses tiveram a eliminação á vista, mas Hugo Santos e seus pares acreditaram até ao final.

O  relogio marcava 85 minutos de jogo com o resultado de um a zero para os da casa , fruto do golo de Miguel ainda na primeira parte. Diogo Novo foi determinante novamente, empatou a partida e lançou o jogo para prolongamento.  Na decisão por marcação de penalties, o guardião Marafona foi decisivo, e Venú carimbou mesmo o passaporte para a quinta eliminatoria ao marcar a grande penalidade decisiva.

Este podia ser um resumo quase perfeito do jogo que opôs os Amigos de Urgeses frente ao Ninense, em jogo a contar para a Taça AF BRAGA. Ainda assim, o jogo foi mais rico , quer em incidências, quer em jogo jogado propriamente dito. 
A chegada ao campo do Urgeses foi algo de surreal.  Um director da equipa da casa proibiu a entrada do autocarro do clube visitante nas instalações , sem ter motivo plausível para isso. Algo de impensável nos dias de hoje, onde os verdadeiros clubes que promovem o futebol distrital pugnam pela máxima :" receber bem para ser bem recebidos".  Resultado disto, foi os atletas e equipa tecnica ninense terem de caminhar quase 500 metros literalmente "com a casa ás costas".  
Quanto ao jogo propriamente dito, começou com a equipa visitante a tentar tomar conta das operações.
Num campo de dimensões reduzidas, onde obviamente a equipa da casa está mais habituada , acabou por ser mesmo o Ninense que dispôs da primeira oportunidade de golo, com Rui Gomes a aparecer na cara de Luis , mas o "chapéu" a ficar curto. Os vimaranenses espreitavam aqui e ali o golo em contra-ataque e sairam premiados perto dos 34 minutos, com Miguel a aparecer isolado e a bater Marafona para o primeiro da tarde. 
A segunda parte teve o mesmo cariz de jogo, com o Ninense procurando sempre o golo, agora em desvantagem, e os homens da casa procurando um lance que pudesse matar o encontro. 
Nos bancos , as movimentações não demoraram a fazer-se sentir, e neste capitulo, Hugo Santos foi bem mais feliz , já que as entradas de Venú ao intervalo, e mais tarde de Rochinha e Tiago Silva vieram trazer ainda mais consistência ofensiva ao jogo.  Já do lado do Urgeses, o tecnico Armando não foi tão feliz, ao colocar Silva em campo já no segundo tempo, e este a ficar no jogo por somente treze minutos, tempo suficiente para fazer duas faltas maldosas e receber os respetivos cartões amarelos , retirando-o de jogo.
A jogar em superioridade numerica, o Ninense atirou-se definitivamente para o ataque, e veria o seu esforço premiado perto dos 85 minutos, quando na marcação de um livre , Martins endossou a bola milimetricamente para a cabeça de Diogo Novo, que penteou o esferico para a baliza deserta de Luis.
Estava feito o empate, e o jogo iria mesmo para um prolongamento , mas o empate sé seria desfeito com a marcação de grandes penalidades.  Na ronda inicial, ambos os conjuntos falharam uma marcação cada. 
Defesa de Marafona deu passagem á Quinta elimatoria da Taça
No penalti decisivo , Marafona voou para o canto superior direito da baliza, e entregou a decisão da passagem na eliminatoria para os pés de Venú, que com a classe que se lhe reconhece, não deu hipoteses ao guarda-redes local. 
Estava feita a reviravolta no jogo, e o passaporte para a Quinta eliminatoria na Taça estava garantido, num jogo que se realizará no dia 25 de Fevereiro em Nine, tendo como oponente o S.Paio de Arcos , que eliminou o actual detentor da Taça Esposende. 

Ficha de jogo 

Parque Desportivo dos Amigos de Urgeses

4ª Eliminatoria da Taça AF BRAGA 

AMIGOS URGESES 1 - AD NINENSE 1 (4:5 nas grandes penalidades)

Arbitro : Joao Costa auxiliado por Ricardo Cunha e Anthony Oliveira 

Pelo Urgeses jogaram: Luis, Bruno, Né, Vasco, Atilano, David, Joao Filipe, Joao Leite, Miguel (Tiago 97 m), Alberto (Vitinha 70 m) e Cisco (Silva 63 m). 
Treinador: Armando 

Pelo Ninense jogaram: Marafona, Martins, Novo, Pinheiro, André (79 m), Xavier, Ventura (Venú 45 m), Jonas (Rochinha 70 m), Nuno Afonso, Rui Gomes e Socrates. 
Treinador: Hugo Santos

Marcador:  Miguel (1-0 aos 34 m), Diogo Novo (1-1 aos 85 m).

Disciplina : Amarelos : Novo (16 m), Cisco (23 m), Jonas (36 m), Pinheiro (53 m), Bruno (63 m), Silva (64 m + 75 m), Atilano (84 m), Nuno Afonso (114 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário