quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Seniores afastados da Taça

O Ninense foi eliminado da Taça AF BRAGA esta Quarta-Feira ao ser derrotado no terreno do Ronfe por três golos sem resposta. O resultado , algo exagerado, não espelha o jogo realizado, pese embora uma segunda parte muito má dos de Nine.
A primeira parte foi de algum equilíbrio, com o Ninense a reclamar logo no inicio uma grande penalidade por falta sobre Torres. Francês , com um grande remate, fez brilhar o keeper local, e pouco depois Torres perderia nova oportunidade para os visitantes, com um remate defendido também pelo guarda-redes da casa. O Ronfe teria a sua grande e praticamente unica oportunidade num remate rasteiro que saiu a rasar o segundo poste, mas foi o Ninense quem chegou ao intervalo com maior ascendente sobre o adversário. A pausa fez bem aos da casa, e o Ronfe entrou melhor no reatar da partida, revelando-se mortífero em cinco minutos apenas.
O primeiro golo nasce de uma bola bombeada para a frente com Israel entre dois ninenses a fazer um chapéu á saída de Álvaro. Sergio Lino fez então entrar Barroso que pouco depois perderia a bola em zona proibida, dando lugar a um livre directo para os da casa. Desse lance sairia o golo da tranquilidade para o Ronfe. Pouco depois, Francês é agredido pelo “conhecido nocturno” Pedro Mendes e o arbitro fica-se pelo cartão amarelo dando também o mesmo castigo a Hélder Guimarães que, incrédulo, perguntou ao arbitro o porquê da admoestação, ele que nem interveniente no lance tinha sido.
O jogo ficaria marcado aos 80 minutos pela lesão de Barroso que caiu desamparado e que necessitou de ser transportado para o Hospital.  As ultimas noticias dão conta de um hematoma na cervical, o que significa que felizmente “terá sido maior o susto que o dano” , dado que ontem ás 9 da noite o atleta abandonou a unidade médica para onde foi transportado.Sendo assim, esperamos para breve o regresso ao grupo de trabalho.
Nota final para o arbitro que mais uma vez, á semelhança de Forjães, teve pouco pulso para julgar com igual critério os lances. Se a falta sobre Torres na primeira parte é por demais evidente, e nem ele a poderia negar, conseguiu descortinar que o “inicio da falta foi 5 centimetros” á entrada da área, convertendo um penalti numa falta.  Já o lance da agressão sobre Francês, fez vista grossa ao lance dando um lisonjeiro cartão amarelo a Pedro Mendes.
Em Ronfe, existem também aquilo que se apelida em Nine de “cuscos”. As paredes têm ouvidos, e é prática comum estar o adjunto dos da casa atrás da porta do balneário a escutar a palestra dos visitantes. Fica o registo, e a sugestão de numa proxima ida a Ronfe , a palestra ser dada no autocarro do clube cá fora.

6 comentários:

  1. e muito triste quando nao se sabe perder. (...) o nine so colheu aquilo que semeou. M. Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Gostava de saber por que não assumem as derrotas, e culpam sempre as arbritagens. Sempre que o Nine perde é sempre culpa do árbrito? LOL

    ResponderEliminar
  5. Amigo "Oliveira",

    Ao publicar um comentario de um anonimo, não reparei que o mesmo atentava contra a sua pessoa. Pelo facto peço desculpas e será retirado.
    Quanto ao seu comentario, pois se tiver uma visão diferente do jogo, desde que construtiva, pode a deixar aqui.

    ResponderEliminar
  6. Azia...existem comprimidos na farmacia...mau perder

    ResponderEliminar