domingo, 29 de janeiro de 2012

Vitoria em Carreira no incio da segunda volta

Os Seniores do Ninense cumpriram da melhor maneira o ataque á segunda volta ao bater o Carreira no seu reduto por uma bola a zero.
Apesar da paragem de duas semanas, João Salgueiro não trouxe muitas surpresas no onze inicial com que se despedira da primeira volta, embora contasse já com o regresso dos lesionados Bruno Santos, Jorge Couto e Zé Luis. Já Mario Martins cumpria jogo de castigo e era a unica baixa no plantel.
Tarde de muito sol, com uma bos moldura humana num derbi muito esperado entre vizinhos.
Começou melhor o Ninense que logo assumiu as despesas do jogo nos primeiros minutos, e  viu Fabio Torres a rematar ao lado. O Carreira , com uma equipa combativa e musculada, respeitava a superioridade do adversario, espreitando um possivel erro dos visitantes e tentando servir Liedson e Julio , que compunham a dupla de ataque de serviço nos da casa.
Numa arrancada pela direita, Bruninho, do Ninense, é rasteirado por Aires . O lance deixou algumas duvidas no local da falta , mas o arbitro decidiu por um livre á entrada da area.
Numa primeira parte onde o piso condicionou muito do futebol que se jogou, com muita disputa e contacto fisico mas também com muita bola pelo ar, foi o Ninense a criar perigo novamente , desta vez com Bruno Silva a rematar com perigo.
Já perto do final, Luis Salgueiro bate um livre direto com grande precisão. João Paulo, pelo Carreira, defende com dificuldade mas a bola cai na zona da pequena area. Nuno Araujo, muito oportuno , mete a cabeça á bola e faz o golo inaugural.

Na segunda parte , reaçao natural dos da casa, mas seria Bruninho a estar em destaque logo a abrir o segundo tempo. O avançado de Nine escapa-se pela direita mas é placado na area, com o juiz da partida incrivelmente a mandar jogar. 
Este lance deu o mote aos da casa, que durante um bom quarto de hora conseguiu remeter os comandados de João Salgueiro á sua area.  Num livre de Minhoca,  o guarda-redes ninense João defende com dificuldade , mas  a defesa do Ninense foi mais rapida e aliviou a bola. Pouco depois era Julio a rematar por cima, lance entretanto cortado por fora-de-jogo.
João Salgueiro teve então de reorganizar as tropas e fez entrar Ze Luis para o lugar de Bruninho.
O Ninense retomou a senda de perigo na baliza do Carreira e Bruno Castanheira quase sentenciava a partida , numa perda de bola á entrada da area dos barcelenses. Os atacantes de Nine , estavam , no entanto, em tarde desinpirada, e o lance não causou perigo.
Pouco depois, novo caso do jogo. Ze Luis escapa-se pela direita, centra com oportunidade para Bruno Silva rematar á baliza, com o defesa central dos da casa a cortar a trajectoria da bola com o braço. quando esta se dirigia para as redes dos locais.
O arbitro , novamente , nada , assinalaria. Bruno Silva ainda teria novo golo nos pés, mas o remate saiu denunciado. No ultimo lance de perigo da partida, André escapa  pela direita do Ninense , com a bola a sobrar para David, que na cara de João Paulo rematou á figura.
O jogo acabaria logo de seguida.

Vitoria justa dos de Nine, ainda que o facto de não se ter materializado em golos o dominio dos visitantes, tenha lançado alguma incerteza no marcador até ao apito final.
Apontamento positivo também para o conjunto de Paulo Ripas , que vendeu cara a derrota , com uma equipa aguerrida e que conta com alguns bons valores individuais, que certamente irão subtrair pontos a muitas equipas.

Sem comentários:

Publicar um comentário