domingo, 1 de abril de 2012

Ninense de volta á elite do futebol regional

Onze inicial do jogo decisivo no Soarense


Quase um ano após a queda á 1ª divisão, Ninense vence em Braga e garante regresso á Divisão de Honra.

Tarde de Sabado com muito sol á espera do desfecho de um jogo que podia ser decisivo para o conjunto de Nine.
No lançamento da partida, estavam reunidos todos os ingredientes necessários para uma boa partida de futebol. João Salgueiro fez regressar João á baliza , bem como Mario Martins e Bogas no onze inicial.
Começou melhor o Soarense , fruto de alguma ansiedade nos forasteiros, e num lance pela direita o conjunto da casa podia mesmo inaugurar o marcador, mas Pedro fez corte decisivo para canto. Pouco depois era João com duas grandes intervenções a negar o golo aos da casa.



João esteve em alta na partida, evitando o golo por duas vezes


Banco tranquilo, quando o nulo ainda imperava no marcador



O Ninense passou a tomar conta do jogo, e Bogas de cabeça quase marcava, mas o ultimo defesa tirou na linha do golo. Cesario , na recarga, atira por cima do travessão.


Bogas cabeceou forte, mas o guarda-redes local deteu a bola


O intervalo chegaria rapidamente, e os comandados de João Salgueiro viriam com outra disposição para atacar a frente do marcador. O timoneiro de Nine  trocou Luis Salgueiro por Zé Luis, que viria a ser preponderante na materialização em golos no ascendente da equipa famalicense. Perto do quarto de hora, Ze Luis cruza para Bruno Silva , que remata a centímetros do poste. Estava dado o mote aos visitantes, e pouco depois, Bogas , incansável os 90 minutos, sobe no terreno  e desfere uma bomba do meio da rua, com o guarda-redes da casa Joel a defender para zona proibida. Bruno Silva , com excelente golpe de cabeça, explicou porque leva 26 golos na temporada, e inaugurou o marcador. 


26 golos para Bruno Silva, a figura deste campeonato


O Soarense acusou o golo , e baixou fisicamente , com Helio a sair desgastado e Marinho em esforço a tentar suster a avalanche atacante do Ninense. No entanto, David subia a seu bel-prazer, devidamente apoiado por Helder Guimaraes e Cesario , causando desiquilibrios na defensiva local.  Zé Luis e o recém-entrado Né , causavam o pânico no ultimo terço do terreno. Numa dessas jogadas, Zé Luis escapa-se pela direita e centra para Né , que selava a vitoria e consumava a subida de divisão. 

Né selou a subida com mais um golo 


O jogo terminaria logo de seguida, e a festa estendeu-se ao balneário com jogadores , equipa técnica e directores  a vibrarem com mais uma conquista do conjunto famalicense.
Com esta subida de divisão, profetizada por muitos  desde há meses , perante a regularidade e valor do grupo, resta ao grupo de trabalho lutar por outros objectivos, com o titulo de campeão e a presença no Cidade de Barcelos no final de Maio a escassos 5 pontos. 



Festa começou no campo e estendeu-se ao balneario


No final , João Salgueiro , técnico do Ninense era um homem feliz.
“ Estou muito feliz por esta vitoria e novo triunfo no meu percurso de treinador, especialmente porque vi a dar frutos o projecto que tanto eu como a direcção delineou no inicio da época. Aquilo que pareceu fácil, tal a diferença pontual para os restantes clubes, apenas se tornou fácil porque o tornamos fácil. Tivemos alguns percalços, poucos no final das contas, mas fico feliz em ver que a escolha do plantel , entre os que ficaram do ano passado bem como aqueles que vieram reforçar o grupo, vieram dar os  resultados pretendidos.
A isso se deve também a estrutura do clube,  a sua massa associativa incansável no apoio á equipa, que sempre me deu condições para levar avante este projecto.
Ainda há objectivos por cumprir, como sermos campeões , mas hoje posso dizer, sou um técnico feliz. “   

Sem comentários:

Publicar um comentário