sábado, 13 de julho de 2013

CNS: Proxima semana decisiva na elaboraçao das series


Desistencia do Campeao da AF EVORA Oriolenses tem atrasado elaboração do CNS

Os 80 clubes participantes no Campeonato Nacional de Seniores (CNS) deverão saber qual a serie em que irão participar na prova já na proxima semana. Ou pelo menos assim tudo indica.
O facto é que pouco ou nenhuma informaçao tem sido dada pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) aos clubes, num ano em que deveria haver especial apoio a clubes que, tais como o Ninense, são estreantes em provas desta envergadura. Tem sido muita a especulação sobre a composição das series onde os clubes irão competir, em especial nos clubes que estão no limite geografico determinado pelo Regulamento do CNS, como é o caso do Ninense.
Para já, entre boatos , rumores e noticias vindas a publico, estes são os factos:
  •  Segundo o Regulamento da FPF, os dez participantes da Serie A serão compostos pelos 9 clubes mais a norte (curiosamente, o Ninense é o nono clube) posição determinada geograficamente pela Latitude), em conjunto com o representante da Madeira, o Camacha; As series seguintes são calculadas novamente pela Latitude, com os dez clubes seguintes a formarem a serie B. Ora desde logo se apresenta um dilema, com os participantes da serie A forçados a um orçamento suplementar em viagens, deslocações, alojamentos e almoços.  A serie B implica, em media, somente deslocações de 30 quilometros a cada clube interveniente; 
  • O prazo limite de inscrição nas provas oficiais da FPF era de 4 de Julho para o CNS e 11 de Julho para a participaçao na Taça de Portugal; assim sendo , em teoria, já estarão encontrados os 80 participantes do CNS;
  • Existe um diferendo entre a FPF e a AF EVORA na inclusão de um representante da mesma Associação no CNS. O campeão Distrital da AF EVORA Oriolenses abdicou da subida aos Nacionais, e a AF EVORA não conseguiu encontrar nos distritais um "voluntario" para integrar essa vaga deixada pelo Oriolenses. Ao invés, apresentou a equipa do Atletico de Reguengos, clube classificado em 4º lugar da serie F da extinta III Divisão do ano passado. Ora, este cenario foi rejeitado pela FPF ao abrigo do Artigo 8, alinea 7 do regulamento do CNS, que diz que "um Clube que tenha sido despromovido ao Campeonato Distrital ou Regional numa época desportiva, não pode na época seguinte participar no Campeonato Nacional de Seniores," . O Atletico de Reguengos tem outra interpretação sobre a lei, e promete apresentar recurso da decisão. 
  • A seguir a logica do cumprimento do regulamento, e ao contrario do que alguns agentes desportivos têm afirmado nos media, a CCD Santa Eulalia de Vizela nao tem hipoteses de ser "repescado" para o CNS.
  • Segundo o Jornal Record de hoje, "a vaga será preenchida por um representante da Associação de Futebol mais representativa de Portugal, neste caso a AF Porto, e já terá endereçado convite ao Perafita, segundo classificado da Divisão de Honra da AF PORTO na epoca finda " ( 1º classificado foi o Lixa). 
  • AF Lisboa e AF BRAGA são , respectivamente as 2ª e 3ª Associações mais representativas em Portugal. Significa isto que numa hipotetica desistencia de mais dois clubes de participarem no CNS, então a AF BRAGA teria de "encontrar" entre a Divisão de Honra do ano passado mais um clube para o CNS , neste caso em direito seria o Torcatense, situação reportada pelo seu presidente Nelson Martins  em declarações ao Correio do Minho de hoje.    “Ainda hoje me disseram que iremos ser convidados nos próximos dias. Vamos aguardar. Se essa possibilidade surgir vamos, sem dúvida, pensa e analisar, porque uma II-B é aliciante para o clube e para os jogadores e temos já uma estrutura com capacidade para esse projecto. Por outro lado, seria um prémio para estes homens". 
  • Em caso de "repescagem" do Torcatense, a equipa de Nine ficaria mais a sul que a equipa de S.Torcato e nesse cenario, o Ninense iria para a serie B. 
   
Em jeito de resumo, é importante que que a FPF defina a composição das series o quanto antes. Na vertente economica, o plantel das equipas são feitas por orçamentos, orçamentos estes que têm de ser feitos sustentados no conhecimento dos gastos e receitas que os clubes irão ter durante a epoca desportiva. Em termos desportivos, é importante saber aquando da elaboraçao do plantel, se o mesmo tem de ser mais ou menos competitivo, partindo do pressuposto que há series mais fortes que outras. 
Os proximos dias deverão e terão de ser decisivos nesta materia. O que é certo por agora, é que pouco está ainda definido, isto a uma semana da maioria dos clubes começarem a sua pré-epoca. 

        

Sem comentários:

Publicar um comentário