domingo, 19 de abril de 2015

Seniores: A estrelinha dos campeões tambem se procura


Golo de Meira já na reta final deu mais três pontos aos famalicenses e praticamente atirou o Porto d' Ave para a Divisão de Honra. 

Este era um jogo onde apesar da diferença na tabela classificativa se poderia apostar numa tripla. Em causa estavam mais que três pontos, pois qualquer uma das equipas que perdesse pontos ficaria com os seus objetivos comprometidos.  Por outro lado, esta equipa fora a unica a conseguir sair de Nine esta temporada amealhando os tres pontos.
Ainda a contas com um plantel repleto de lesionados e com Joao Silva ainda a cumprir castigo na bancada, foi bem dificil ao treinador Hugo Santos escalonar um onze inicial , chamando os juniores Diogo e Cesar ao banco de suplentes. 
A primeira parte foi jogada a um ritmo lento , com as duas equipas raramente a definirem um fio de jogo. Ainda assim, o primeiro sinal de perigo veio dos pés de Hugo Pinheiro, mas o remate saiu á figura do guardião local Antonio. Aos vinte minutos , é Gera quem faz o primeiro remate para os da casa, mas André Ferreira defende com classe. Os ultimos minutos da primeira parte trouxeram alguma emoção ao jogo, com o Ninense perto do golo. Primeiro , é Canetas quem corre isolado para a baliza , mas o guarda-redes Antonio faz bem a mancha. Pouco depois, o ex-guardião do Carreira brilha novamente , defendendo para canto um chapéu de Vitor Martins. 
Pouco satisfeito com o aproveitamento da sua equipa no primeiro tempo, Hugo Santos faz render Luis Tiago por Christophe ao intervalo. Aos dez minutos , Meira ensaia a sua meia distancia, ainda se gritou golo, mas a bola saiu a escassos centimetros do poste. As oportunidades de golo escasseavam, e o tempo para jogar tambem. Aos vinte minutos, Andre Ferreira faz uma grande defesa, evitando o golo do Porto d'Ave. Na resposta, e na marcação de um livre, Joao Pedro quase faz auto-golo na baliza dos locais. 
Faltavam dez minutos para o final da partida, e acontece o golo forasteiro.   Livre superiormente marcado por Cadete, e Meira na pequena area livre de marcação a cabecear sem hipoteses para Antonio. 
Meira fez o unico golo da partida no Porto d'Ave
 Os minutos finais foram jogados de uma forma intensa, com o Ninense a procurar arrefecer o jogo. Na frente de ataque aparecia Canetas, que fez uma grande partida, segurando muitas vezes a bola e nunca virando a cara á luta.  No entanto, há que dizer que o segredo da vitoria do Ninense esteve no coletivo, no acreditar até ao fim, perante uma equipa com qualidade , cuja classificação na tabela não mostra o seu real valor. 
Num jogo de muitos nervos, onde durante algum tempo esse nervosismo se estendeu á bancada, foi preciso um arbitro de pulso para segurar as incidencias da partida, com o arbitro do desafio sempre em cima do jogo, não permitindo indisciplina , e rubricando assim uma exibição muito positiva. 

Jogo sem casos dentro do rectangulo de jogo, mas com muito nervosismo á mistura.

As incidencias da partida começariam ainda antes do inicio do jogo. Tres jogadores do Porto d 'Ave seriam afastados da constituição da equipa por chegarem atrasados ao jogo. Durante o recolher ao  intervalo aconteceu  algum desaguisado entre elementos das duas equipas.  Já os dois delegados das duas equipas seriam expulsos no decorrer da segunda parte, e nas bancadas algumas trocas de acusações inflamaram os presentes, com os nervos á flor da pele. 

Comentarios ao jogo.
" Foi uma vitoria muito importante e que dedico ao David e ao Dennis, jogadores do plantel que irão ser operados em breve. Só nós sabemos a magoa que é não poder jogar e dar o contributo á equipa. Quanto ao jogo em si, uma primeira parte dificil, onde nunca conseguimos pegar no jogo. No entanto, na segunda parte continuamos fieis aos nossos principios e acabamos por ser premiados por isso. Os lances de bola parada fazem parte do futebol, e num desses lances conseguimos marcar. Continuamos na luta , é verdade que dependemos de terceiros, mas vamos esperar pela nossa oportunidade." 
 Hugo Santos, treinador do Ninense 

"Foi um jogo muito bem disputado, perante um Ninense que é efetivamente candidato e que tem muita qualidade. Pena foi que, á semelhança de outros jogos, com o jogo controlado, tenhamos perdido o jogo num detalhe. Mais uma vez, um detalhe que nos custou pontos. Agora é a lenga-lenga do costume, as coisas estão dificeis, mas enquanto a matematica permitir iremos acreditar. Mais vale a pena morrer a tentar do que morrer por desistir"
Luis Miguel , treinador do Porto d'Ave 

Ficha do jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

GD Porto d'Ave 0 -  AD Ninense 1 
Campo de jogos do Porto d'Ave 
Arbitro : Francisco Gonçalves auxiliado por Andre Mendes e Paulo Faria 

Pelo Porto d'Ave jogaram: Antonio, Joao Pedro, Gonça, Schwepps (Pedro Mendes 81 m), Rui Gomes, Luis Filipe, Gera, Alex, Miguel, Jorge Miguel e Ruizinho ( Bonjardim 58 m).
Treinador: Luis Miguel

Pelo Ninense jogaram: Andre Ferreira, Rafa, Cadete, China, Luis Tiago ( Christophe 45 m), Cesario, Pinheiro, Canetas, Barroso, Meira e Martins.
Treinador : Hugo Santos 

Marcador: Meira ( 80 m)

Disciplina: Barroso ( 30 m), Pinheiro ( 54 m), Jorge Miguel ( 55 m), Joao Pedro ( 57 m), Gonça ( 77 m), Cadete ( 89 m) e Miguel ( 90+4 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário