segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Ecos da imprensa do jogo Brito Ninense





In "Correio do Minho" 

"Locomotiva de Nine a todo o vapor consolida liderança em Brito"

"Vitoria sem contestação. O Ninense venceu, ontem, em Brito por 3-1, no jogo grande da 6.ª jornada da Pró-Nacional da AF Braga e confirmou a liderança no campeonato. Bis de Joãozinho na primeira parte, e ‘cabeçada’ de Sócrates, no início da segunda, levou o conjunto vimaranense ao tapete."

 “Fomos quase zero e pagámos caro...(Joao Salgueiro, treinador do Brito) ”

“Foi um jogo em que das quatro às cinco não viemos. Na primeira parte não existimos, e para além disso demos dois golos ao adversário, o que diante de uma equipa com qualidade, acabou por se reflectir no resultado final... a nossa equipa nunca se encontrou e quando tentávamos uma reação no início da segunda parte, o terceiro golo ‘matou’ redondamente o jogo. Depois o Ninense, com a sua experiência, justificou e bem a sua vitória. Não procuro justificação para nada, mas temos tido algumas lesões que não nos permitem ainda definir um onze tipo. Mas repito, perdemos porque fomos quase zero e pagamos caro diante de uma boa equipa. Esperemos que não se volte a repetir uma tarde destas...(Joao Salgueiro)”


In " Diario do Minho" 
" Dupla Joaozinho e Socrates fulminante em Brito" 

" Equipa de Hugo Santos venceu de forma categórica" 

"Exibição dos famalicenses encheu o campo e teve em Joaozinho o protagonista na primeira parte " 

" Das quatro ás cinco não viemos ( Joao Salgueiro, treinador do Brito) " 

"Joao Salgueiro não gostou da primeira parte. O treinador referiu que a equipa não esteve em jogo nos primeiros 45 minutos. Espero que tenha sido uma má tarde. Na primeira parte não existimos. Para além disso demos dois golos ao adversário que uma equipa com a qualidade do Ninense aproveitou bem. Na segunda parte , estávamos a tentar reagir, mas o terceiro aniquilou o jogo. Depois, o Nine acabou por justificar o triunfo. Não me querendo desculpar com isso, desde o inicio do campeonato que não tivemos a mesma equipa”

“É uma vitória justíssima. O Ninense foi sempre a melhor equipa durante os 90 minutos. Controlamos sempre o jogo do início ao fim, e soubemos aproveitar algumas das várias oportunidades criadas. Creio que ao intervalo o 2-0 até me parece um bocado escasso, pois podíamos ter feito mais do que dois golos. Na segunda controlamos a partida e o golo do Brito até é contra a corrente do jogo. Não foi um jogo fácil. Todos os jogos são difíceis. Nós, com a nossa atitude, é que o tornamos fácil. (China, capitão do Ninense) ”

Sem comentários:

Publicar um comentário