domingo, 12 de fevereiro de 2017

Triunfo sorriu aos ninenses na visita a Amares


 
Num jogo com poucas oportunidades de golo, o rei dos marcadores selou nova vitoria ninense.



Os comandados de Hugo Santos venceram no reduto do Amares com o tento solitario de Socrates conseguido ainda no primeiro tempo através da conversão de uma grande penalidade por carga de Tita sobre o estreante Jonas. 
O primeiro remate aconteceu ao quarto de hora, com Ze Miguel a rematar de longe. Pinto, já no cair do pano, cabeceou ao lado da baliza de Joao Sampaio. 

A segunda parte foi mais disputada, com o Amares a ter reação positiva, mas os famalicenses conseguiram fechar os caminhos da baliza de Joao Sampaio, que inclusivamente segurou um remate perigoso de Rui Torres. Venú poderia ter mesmo morto o jogo quando apareceu isolado frente ao desamparado Fernando, mas prevaleceu o tento solitario de Socrates, que assim segurou um precioso triunfo que lhes permite subir ao quinto posto da classificação. 
Os momentos finais do desafio foram de grande agitação, com os da casa a contestarem um lance entre Christophe e Rui Torres do qual o amarense saiu lesionado da partida. 
No entanto, há que dizer que o trio de arbitragem teve uma exibição positiva, mesmo em momentos dificeis quando os jogadores estavam mais preocupados em contestar lances do que propriamente jogar a bola. 

Ficha de Jogo 


Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA
Campo Engº Jose Carlos Macedo – Amares

FC AMARES 0 – AD NINENSE 1
Arbitro : Joel Dias auxiliado por Jose Novais e Luis Salgado
Pelo Amares jogaram: Fernando, Ventura, Alenitchev, Rocha (Diogo Leite 45 m), Sergio (Gama 75 m), Pinto, Gonçalo, Rui  Torres (Diogo Oliveira 90 m), Helder, Ze Miguel e Tita.
Treinador: Miguel  Santos   (ausente por castigo)

Pelo Ninense jogaram:  Joao Sampaio, David, Martins, Paulo Ricardo, Tiago, Xavier, Venú, Rochinha, Jonas, Rui Gomes (Christophe 75 m ) e Socrates (Fonseca 90 m).
Treinador : Hugo Santos
Marcador:  Socrates (27 m g.p.)
Disciplina: Amarelos: Sergio (16 m), Venú (24 m), Ze Miguel (51 m), Xavier (63 m), Pinto (70 m), Diogo Leite (83 m), e Tita (83 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário