domingo, 5 de fevereiro de 2017

Vitoria sorriu ao Ninense no ultimo folego do desafio





O Ninense recebeu e venceu o Serzedelo por duas bolas a uma, num jogo marcado pelo regresso de Lourenço a Nine (ex-jogador agora treinador) e onde a incerteza do resultado permaneceu  até ao apito final. Numa primeira parte fraca em oportunidades de golo, prevaleceram os tentos obtidos por cada uma das equipas. O Serzedelo adiantou-se no marcador aos 25 minutos de jogo através de uma boa cabeçada de Ricardo. Jorge Fonseca teve nos pés o empate, mas a bola saiu ao lado. O golo ninense acabou por chegar já perto do intervalo, com Venú a rematar colocado e restabelecer a igualdade. 


A segunda parte foi ainda mais emotiva e intensa.   Rui Gomes perto dos 20 minutos, proporcionou a defesa da tarde ao guardião forasteiro Fernando . Logo de seguida, Hugo Matos vê o segundo amarelo e recebe ordem de expulsão. A superioridade numérica dos famalicenses durou somente dez minutos, já que o central ninense Diogo Novo viu a cartolina vermelha direta.
Com o desafio a ser jogado em ritmo alto mas com poucas oportunidades de golo, a emotividade estava reservada para os minutos finais.
Ao 85 minutos, Joao Sampaio faz uma grande defesa , a remate de Andre Buraco.  Já nos descontos, uma desatenção da defensiva vimaranense ditou o desfecho do desafio.
Socrates rouba habilmente a bola a Nuno, e o defesa não tem outra alternativa senão cometer grande penalidade. Na marcação do castigo máximo, Socrates não perdoou e sentenciou o resultado final na vitoria tangencial dos comandados de Hugo Santos .
Num jogo para homens de barba rija, o trio de arbitragem optou por um criterio largo mas coerente, deixando o jogo correr, por vezes com alguma dureza dentro das quatro linhas. 
No entanto, acaba por decidir corretamente nos lances fulcrais do desafio, não tendo qualquer influencia no resultado final. 

Socrates marcou o tento da vitoria ao cair do pano de jogo
"Foi uma vitoria importante frente a uma grande equipa. Se o empate tivesse sido o desfecho final teria de o aceitar face ao que as duas equipas trabalharam , mas a vitoria acaba por ser justa. Uma segunda parte algo atribulada,  com muitos lances polemicos, mas já vi as imagens em video e os lances acabaram por ser bem ajuizados pelo trio de arbitragem. Uma palavra de apreço também á massa associativa que mesmo com dez em campo nos deram animo e impulsionaram a equipa para a vitoria. Agora vamos tentar dar continuidade ás vitorias na visita a Amares na proxima semana."
Hugo Santos, treinador do Ninense

Ficha de jogo
Complexo Desportivo de Nine
 21ª Jornada Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

AD NINENSE 2 – GD SERZEDELO 1 

Arbitro : Filipe Araujo auxiliado por Flavio Sousa e Eduardo Miranda .

Pelo Ninense jogaram: Joao Sampaio, David, Paulo Ricardo, Martins , Diogo Novo, Xavier, Venú, Rochinha (Tiago Oliveira 73 m), Fonseca (Jonas 60 m),  Rui Gomes (Christophe 86 m) e Socrates. 


Treinador: Hugo Santos

Pelo Serzedelo jogaram: Fernando, Hugo Matos, Diogo, Ricardo (Matheus 55 m), Vitinha (Nuno Silva 80 m), Pedro Costa, Joao Abreu, Nandinho, Dani, Pedro Alves (Andre Buraco 65 m)  e Nuno.

Treinador : Lourenço Almeida 

Marcador: Ricardo (0-1aos  25 m),  Venú  (1-1 40 m) e Socrates (90+4 m g.p.)
Disciplina: Amarelos: Hugo Matos (10 m e 63 m) , Rui Lima (38 m), Ricardo ( 45 m), Nuno (63 m e 90+4 m), Nandinho ( 67 m), Dani ( 69 m), Jonas (83 m) e Diogo (90 m).
Vermelhos: Hugo Matos e Nuno por acumulação. Diogo Novo (73 m direto).  Expulso : Toninho (delegado Serzedelo 69 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário