domingo, 8 de dezembro de 2013

Seniores: Empate fora de portas acabou por saber a pouco

Bruno Silva de regresso á titularidade e ás grandes exibições 

Quem assistiu este Domingo ao Vilaverdense-Ninense ficou algo confuso sobre quem é que era, afinal, o aflito pela permanência no Campeonato Nacional de Seniores já que o último deu ‘água pela barba’ ao adversario, e se tivesse ganho, não era escândalo nenhum.

Sedento de uma vitória catalizadora para alimentar o sonho da manutenção nos Nacionais, o Ninense apresentou-se destemido e com a lição bem estudada em Vila Verde, a jogar olhos nos olhos contra a equipa da casa. E valha a verdade, fez muito mais que o (desinspirado) Vilaverdense na discussão pelos três pontos. O empate até nem interessava a nenhuma das equipas, mas embora moralizador para as batalhas futuras, por ter sido conquistado fora de portas, penalizou mais o Ninense, pois foi a equipa mais personalizada em campo, a que jogou melhor, mais tempo no meio campo adversário, mais posse de bola e, sobretudo, mais remates e as chances mais flagrantes de golo.
Com um futebol rendilhado e objectivo, o Ninense, com um pouco mais de pragmatismo e eficácia, que o último lugar na classificação tira a qualquer equipa, podia ter ganho perfeitamente o jogo, perante um Vilaverdense amorfo, sem ideias e agressividade competitiva, completamente manietado pela estratégia montada pelos de Nine, só falhando no aspecto fundamental: a finalização. Já a  equipa da casa pode agradecer a exibição do guarda-redes Paulo Costa, que evitou dissabores maiores com duas grandes intervenções.
Golo madrugador do Ninense prometeu exibição auspiciosa
Sergio Campelo, treinador interino do Ninense , promoveu uma pequena revolução no onze inicial em Vila Verde, com Cesar Marques e Bruno Silva de regresso á titularidade. 
O Ninense começou a partida praticamente a vencer. No primeiro lance do desafio, Tigana esgueira-se aos centrais e sofre falta na entrada da area. Do lance sai uma bola bombeada, e o esferico sobra para China , que fuzila as redes dos locais.  O Vilaverdense apenas deu o ar da sua graça aos doze minutos, com Tiago Graça a rematar com perigo. Na resposta, boa combinação entre Bruno Silva e Edu, com este ultimo a rematar forte, mas a bola a sair á figura de Paulo Costa. Perto da meia hora, com um Ninense mais forte, acontece o golo contra a corrente do jogo, num grande golo de Bruno Filipe , que com um remate surpresa não deu hipoteses a Andre Ferreira.
O Ninense não acusou o golo, e Bruno Silva que reapareceu em grande no onze inicial esta tarde, quase imitava o adversario com um remate do meio campo a fazer um chapeu ao guardião da casa, mas a bola a sair a centimetros por cima do travessão. Já perto do intervalo, Tigana tem nos pés o segundo golo do Ninense, mas o chapeu saiu curto , com Paulo Costa a defender com determinação para canto. 
Tigana teve nos pés por duas vezes o golo da vitoria do Ninense 
A segunda parte pouco trouxe de novo, com um Vilaverdense muito apatico e o Ninense diga-se , sempre por cima do jogo, procurando os pontos que lhe tem fugido. Aos trinta minutos , Tigana tem novamente nos pés o golo, aparecendo isolado pelo passe açucarado de Bruno Silva, mas o remate saiu á figura de Paulo Costa.  Os locais só regressariam ao jogo já bem perto do final, com um contra-ataque venenoso dos de Vilaverde , mas Tiago Fernandes, heroico, fez um carrinho arrojado e tirou literalmente o segundo golo dos da casa , fixando o resultado final. 
Um empate que acaba por ser justo, mas a ter de haver uma vitória só poderia ser para os de Nine. 
Palavra final para um trio de arbitragem que esteve bem em todo o jogo, procurando ser isento e equilibrado nas decisões, evitando o cartão amarelo facil em prol do dialogo e da disciplina, bem diferente das ultimas actuações dos colegas de profissão nos jogos dos famalicenses.
Tiago Fernandes e China estiveram em destaque na defesa ninense

"Acabou por ser um bom resultado, mas depois do que foi o jogo poderiamos ter vencido por dois ou tres golos a um, já que jogamos bem melhor que este Vilaverdense. Uma palavra de apreço para esta mais de uma centena de adeptos de Nine, que fazem questão de apoiar o seu clube. É um clube com uma direção que tudo faz em prol do clube e dos seus jogadores"
Sergio Campelo , Treinador Ninense

Ficha de Jogo:

Estadio Municipal de Vila Verde
Campeonato Nacional de Seniores Domingo 15:00

Resultado Vilaverdense 1 Ninense 1

Arbitro : Emanuel Rocha com Cesar Peixoto e Hugo Puga. (AF VIANA)

Pelo Vilaverdense jogaram:  Paulo Costa, Sergio, Tony, Joao Cunha (Ricardinho 65'), Paulo Ricardo, Marcos (Alenitchev 78'), Cristophe, Lamosa, Tiago Graça, Emanuel (Dennis 89'), Bruno Filipe.
Treinador : Tonau

Pelo Ninense jogaram: Andre Ferreira, Madior, Tiago Fernandes, China, David, Cesar Marques, Edu (Joao Duarte 85'), Pedrinho (Joao Cruz 76'), Renato, Tigana, Bruno Silva (Capela 65').
Treinador : Sergio Campelo

Marcadores: China (1'), Bruno Filipe (27')
Disciplina: Amarelos :  Cesar Marques (54'), Tigana (81') e Ricardinho (90+2')


Sem comentários:

Publicar um comentário