domingo, 4 de maio de 2014

Seniores: Acabou a aventura nos Nacionais


Derrota em Vila Verde por uma bola a zero apagou a luz da esperança que ainda reluzia. 

Tarde soalheira de Domingo das Mães, onde diga-se a sorte foi madrasta para os de Nine, que inclusivamente falharam uma grande penalidade já perto do final da partida sentenciando matematicamente a descida aos distritais da AF BRAGA. 
Frente a frente opunham-se duas equipas com estados de espirito bem diferentes, com um Vilaverdense alojado tranquilamente no primeiro lugar e um Ninense que sabia ter pouco espaço de manobra. Talvez por isso se tenha visto muitos poucos lances de perigo no primeiro tempo, com as equipas mais preocupadas em não falhar do que propriamente em atacar deliberadamente. O Ninense apresentou-se com um onze algo diferente do habitual, fruto de algumas ausencias como Ruizinho e Badara e de Bruno Silva, que se sentou no banco de suplentes. Capela e Joao Cruz foram os homens escolhidos para dar poder de fogo na frente de ataque ninense, mas acabariam por ser mera polvora seca, não importunando a defensiva vilaverdense. 
O primeiro sinal de perigo, já perto da meia hora de jogo, seria mesmo dos ninenses, com Capela a passar pelo central , mas a adiantar demasiado a bola, e Paulinho a sair dos postes da baliza dos locais para resolver o assunto. Na resposta, livre perigoso cobrado a favor dos da casa, e Paulo Ricardo a cabecear para a defesa de Andre Ferreira.  Minutos volvidos, primeiro grande erro do Ninense, com Helder Oliveira a deixar a bola sobrar para Miguel Herlein, que corre isolado para a baliza , mas Andre Ferreira corresponde com enorme defesa ao remate do dianteiro da casa. Já perto do final do primeiro tempo, invertem-se os papeis e é Madior quem aparece isolado na cara de Paulinho , que faz grande defesa para canto. 
Madior teve oportunidade de marcar já perto do intervalo 
O intervalo veio em boa hora, já que as temperaturas a rondar os trinta graus tinham condicionado o primeiro tempo. O segundo tempo trouxe novamente uma partida equilibrada, com poucas chances de golo. Aos doze minutos, boa oportunidade para o Ninense com a bola dentro da grande area dos locais mas David e Joao Cruz estavam com cerimonias para rematar e o lance perde-se pela linha de fundo. 
Á passagem do quarto de hora começam as substituições , com o treinador da casa Tonau a render Andre Cunha e Miguel Herlein por Bruno Filipe e Joao Cunha. No lado do Ninense, Jose Lobo refrescava a equipa com as entradas de Diop e Lourenço para o lugar de Helder Guimaraes e Joao Cruz. 
Pouco depois,e um pouco contra a corrente do jogo, acontece o golo do Vilaverdense. Bola metida para as costas da defensiva do Ninense para Bruno Filipe que está em fora-de-jogo, mas o jogador alheia-se do lance e Christophe, vindo de trás , fuzila Andre Ferreira para o golo solitario do Vilaverdense. 
Lourenço , em iniciativa individual, penetra pela grande area dos da casa, mas o remate cruzado sai ao lado da baliza. Jose Lobo tenta contrariar o resultado com a entrada de Bruno Silva. Faltavam ainda quinze minutos para o final, e a salvação ainda esteve á vista, quando Bruno Filipe placou Capela na grande area e o arbitro , atento, marcou a respectiva grande penalidade. Chamado a converter , Lourenço enganou o guarda-redes da casa, mas a bola caprichosamente bate no poste. 
Bola no poste e Ninense a carimbar a descida de divisão
Os ultimos minutos trouxeram um Ninense balanceado para o ataque, mais com o coração do que a razão, mas os defesas do Vilaverdense , em tarde inspirada , não permitiram que os famalicenses se acercassem com perigo das suas redes, fixando resultado através do golo solitario de Christophe. 
Face á vitoria do Pedras Salgadas no outro desafio, está traçado o futuro da Associação Desportiva Ninense para a proxima temporada, que passa pelo regresso aos Distritais de Braga. Certamente não foi hoje pelo jogo de hoje que o Ninense desceu de divisão, e embora este desenlace fosse previsivel com o desenrolar da temporada, os ultimos desafios tinham trazido alguma esperança ao colectivo famalicense, algo que caiu por terra hoje, perante as dezenas de adeptos ninenses que marcaram presença no Estadio Municipal de Vila Verde, apoiando a sua equipa. 


Ficha de Jogo
Estadio Municipal de Vila Verde

VILAVERDENSE FC  1 - AD NINENSE 0
Arbitro: Joao Pinheiro ( AF BRAGA) com Miguel Silva e Jorge Fernandes

Pelo Vilaverdense jogaram:  Paulinho, Paulo Ricardo, Marcos, Christophe (Tiago Macedo 85'), Miguel Herlein (Joao Cunha 60'), Tiago Graça, Andre Cunha (Bruno Filipe 58'), Boris, Eduardo, Ricardinho e Tiaguinho.
Treinador: Tonau

Pelo Ninense jogaram: Andre Ferreira, Helder Oliveira, China, David, Emerson, Armando (Bruno Silva 69'), Capela , Renato, Joao Cruz (Diop 61'), Helder Guimaraes ( Lourenço 61'), e Madior.
Treinador : Jose Lobo

Marcador: Christophe (67')

Disciplina:Amarelos :  Emerson (52'), Capela (71') e Boris (71').
              Vermelhos : Nada a assinalar.

Sem comentários:

Publicar um comentário