sábado, 4 de outubro de 2014

Seniores: Novo empate caseiro frente ao Terras de Bouro


Num jogo com poucas oportunidades de golo, o desfecho acabou por ser o empate a um golo.

Tarde de sol em Nine, onde se encontravam duas equipas vindas de vitorias moralizadoras. 
O jogo começou bem movimentado, com ambos os conjuntos procurando o dominio da partida. 
Aos doze minutos, Branca não aproveita um mau atraso da defensiva ninense , e isolado frente a Andre Ferreira , deixa o esferico fugir. Na resposta, Cadete remata com força, mas o guardião visitante Simão defende para canto. No lance seguinte, Cesario domina a bola e deixa para Meira, que remata novamente á figura de Simão. O Terras do Bouro apenas criaria novamente perigo aos vinte minutos, mas o remate de Branca saiu direito ás mãos de Andre Ferreira. 

Há passagem da meia hora de jogo, Cadete esgueira-se pela direita e remata com intenção, mas Simão, novamente no caminho da bola, defende. Já perto do intervalo, Cesario sai lesionado após queda aparatosa e é rendido por Bruno Telli.  No ultimo minuto do primeiro tempo, acontece o primeiro erro grave do arbitro da partida. O jogador visitante Tita disputa a bola com o ninense Joao Dias prostrado no chão e o juiz de linha marca a respectiva falta. No entanto, o arbitro considera que a falta seria a favor dos visitantes, e manda jogar. O juiz de linha, ajuizando de forma oposta,  repetia vezes sem conta pelo comunicador para o arbitro interromper a partida, algo que ele não fez e nao fosse a desinspiração de Bispo que rematou a bola ao lado da baliza de Andre Ferreira, poderia ter acontecido o golo dos visitantes.

Com os animos exaltados assim se chegou ao intervalo, numa primeira parte onde apesar do dominio na partida dos ninenses, acabara por ser o Terras do Bouro a ter duas oportunidades de golo flagrantes.
A segunda parte foi bem diferente. De alma renovada , os Ninenses vieram dispostos a ganhar a partida. Logo no inicio , Meira cabeceia a centrimetros do ferro da baliza de Simão. Praticamente no lance seguinte, o Ninense chega ao golo, por intermedio de Bruno Telli.  Cadete escapa pela direita e centra para o coração da area, onde aparece Bruno Telli a cabecear de forma letal para as redes defendidas por Simão. 


O golo ninense agitou os bancos  com ambos os tecnicos a promoverem as entradas de Benicio no lado dos ninenses e de Pintas e Geremy no lado dos visitantes. 
Perto dos vinte minutos do segundo tempo, novo erro proporcionado pelo arbitro da partida. Numa bola disputada na entrada da area ninense, Pintas esbarra literalmente no defesa ninense China, considerando o juiz da partida falta do Ninense. Na cobrança do livre , Luis Salgueiro centra para a entrada de cabeça de Ze Pedro, que restabelece a igualdade. O Ninense respondeu com Cadete a tentar o golo com um remate que não saiu longe do alvo. A meia hora final do jogo acabou por ser de assalto ás redes visitantes, com as jogadas de golo eminente a penderem para os ninenses por intermedio de Benicio. Primeiro numa bola ao segundo poste, o atacante apesar de isolado, rematou muito por cima . Já no segundo lance, Benicio rompe na area adversaria e só a grande defesa de Simão salva o segundo golo do Ninense. China ainda tentou de cabeça , mas Simão acabou por justificar o titulo de melhor dos visitantes em campo, com mais uma grande defesa.  Os minutos finais foram de alguma tensão, com o Terras de Bouro a procurar suster o empate, recorrendo muitas vezes a algum anti-jogo. 
Pela segunda parte de grande qualidade , o Ninense talvez merecesse outro resultado do que este amargo empate caseiro, tendo o trio de arbitragem, em especial o arbitro da partida acabado por ter influencia no resultado final da partida. 


"Acabamos a partida com mais um empate. Parece que todos aqui hoje saíram satisfeitos com este empate. Sobre a arbitragem , nada tenho a dizer, foi uma arbitragem que passou despercebida, e que vem na linha de outras arbitragens que nos têm calhado nos nossos jogos". 
Joao Fernando, tecnico do Ninense

" Um empate no terreno de um candidado á subida é sempre saboroso, mas se olharmos para o jogo, acabamos por ter as melhores chances de golo na partida. Frente a um adversario de qualidade, levamos um golo a frio, mas fizemos alterações que resultaram. Temos uma equipa que quer ganhar todos os jogos, mas que o objectivo passa pela manutenção." 
Joao Salgueiro, tecnico do Terras do Bouro

Ficha de jogo

Complexo Desportivo Ninense 
AD NINENSE 1  TERRAS BOURO 1 

Arbitro : Bruno Leite, auxiliado por Luciano Maia e Jose Ribeiro 

Pelo Ninense jogaram: Andre Ferreira, Hugo, David, China, Joao Dias, Meira ( Helder Guimaraes 71m), Cadete, Barroso, Ruisinho (Benicio 5m), Fina e Cesario (Bruno Telli 41m).
Tecnico : Joao Fernando

Pelo Terras Bouro jogaram: Simao, Andre ( Pintas 55m), Rui Rato, Martinho, Bispo, Ze Pedro, Police (Geremy 59m), Tita, Luis ( Xiço 82m), Branca e Lusinho.
Tecnico: Joao Salgueiro

Marcadores: Bruno Telli (54m), e Ze Pedro (65m).

Disciplina: Amarelos: Ruizinho (41m), China (63m), Martinho (71m), Helder (75m), Tita (82m), Pintas (85m), Rato (89m), e David (90+3m).

Sem comentários:

Publicar um comentário