domingo, 12 de outubro de 2014

Seniores: Vitoria merecida veio ao cair do pano



O Ninense levou de vencida o conjunto das Marinhas com um golo já nos instantes finais da partida fixando o resultado final em dois golos a um, num jogo onde o Ninense esteve a perder até ao quarto de hora final. 
A partida começou com uma oportunidade soberana para os ninenses, mas a cabeçada de Joao Dias a centro de Cadete saiu ao poste da baliza de Ze Luis. O Ninense sempre foi a equipa que mais assumiu as despesas da partida com o Marinhas a espreitar um contra-ataque frente a um Ninense que depressa se instalou no meio campo dos locais. Aos vinte minutos o Marinhas foi-se atrevendo em terrenos mais subidos e chega ao golo através da marcação de grande penalidade por intermedio de Ruben Feiteira, com o arbitro a julgar uma saida de Andre Ferreira como faltosa e assim punindo o guardião ninense com cartão amarelo. 
O Ninense sentiu o golo, mas acabaria a ser o Marinhas a recuar perigosamente no terreno de jogo, proporcionando ao ataque ninense algumas ofensivas que , no entanto, sairiam infrutiferas até ao intervalo.
Joao Dias e Meira fizeram a melhor dupla no meio campo ninense
No segundo tempo, tudo mudou. Joao Fernando foi o treinador mais arrojado , e rapidamente fez entrar Benicio para o lugar de Ruizinho . O atacante ninense quase tinha entrada perfeita, quando o defesa Salgado ao tentar atrasar a bola ao seu guardião Ze Luis acabou por isolar Benicio. Porém, o remate do avançado ninense saiu á figura do guarda-redes. O Marinhas apenas criava perigo no contra-golpe e por duas situações quase ampliava o marcador. Primeiro é Barroso que quase marca auto-golo, mas China tira o perigo na linha de baliza. Depois é Rato , que isolado frente a Andre Ferreira não serve os colegas da melhor forma. A meia hora final de jogo foi muito intensa e disputada e Joao Fernando aposta tudo na frente de ataque com as entradas Bruno Telli e Peixoto.  O avançado brasileiro , que tem sido um trunfo importante na equipa ninense, apenas demorou escassos dez minutos para marcar o seu terceiro golo na temporada ao serviço do Ninense. Cadete foi o obreiro de uma arrancada fenomenal pela esquerda e serviu Bruno Telli que, no sitio certo, antecipou-se á defensiva dos locais. 
Entradas de Bruno Telli têm sido determinantes e leva já tres golos pelo Ninense

O atacante ninense entrou faminto de golos e quase cria a reviravolta no marcador logo de seguida. Benicio escapa pela direita, e Bruno Telli não consegue empurrar a bola , com o esferico a sair a milimetros do poste. O jogo conhecia agora alguma dureza dos intervenientes na abordagem aos lances , com o recurso a muitas faltas de parte a parte. No lado ninense brilhava no mieo campo um inspiradissimo Joao Dias que teve esta tarde a missão de carregar a equipa e municiar o ataque ninense. No lado do Marinhas, estranhamente, Jó Faria substituia o melhor em campo, Ruben Feiteira.  Os ultimos minutos foram vividos de forma intensa, mas acabou por ser o Ninense a ser premiado pela maior ousadia do seu treinador em vencer o desafio. A meio dos quatro minutos de descontos dados pelo arbitro da partida , Meira ainda teve pulmão para ir á area dos locais e romper em direção á baliza, sendo travado por Salgado, que assim num só lance, via o respectivo segundo cartão amarelo, ordem de expulsão e correspondente grande penalidade a favor do Ninense.  Na marcação da grande penalidade, Benicio não perdoou e deu o golo da vitoria para delirio das centenas de ninenses que coloriram a bancada esta tarde nas Marinhas.  Na sequencia dos protestos, Espiga receberia tambem ele ordem de expulsão. 
O jogo acabaria de seguida, sob um ambiente muito hostil  por parte dos da casa, num claro exemplo de falta de desportivismo, tendo obrigado a intervenção da força policial. 


Golo do triunfo ninense levou a bancada ninense ao rubro

" Esta foi a melhor resposta ao empate da semana passada em casa. Isto só vem demonstrar que o factor casa nem sempre é preponderante nas partidas. Foi uma vitoria merecida, agora que vamos entrar numa fase crucial do campeonato defrontando as equipas da frente.  Hoje venceu a atitude, o caracter em campo. É um merecido premio para os jogadores - os que jogaram e os que ficaram de fora- e para os adeptos, é bom sentir que temos um grupo unido , e dentro da nossa humildade , vamos encarar todas os jogos como desafios" 
Joao Fernando , Treinador do Ninense 

Ficha de Jogo 

Complexo Desportivo das Marinhas

FC MARINHAS 1 AD NINENSE 2 

Arbitro  : Joel Dias auxiliado por Jose Novais e Joao Macedo

Pelo Marinhas jogaram: Ze Luis, Salgado, Luis Amorim, Bruno, Ruben Feiteira (Carioca 79 m), Ruizinho, Rato, Peão, Ze Barbosa (Abilio 71 m), Barbosa e Orlando. 
Treinador: Jó Faria

Pelo Ninense jogaram: Andre Ferreira, Hugo Pinheiro, China, David, Barroso, Fina (Bruno Telli 59 m), Meira, Joao Dias, Ruizinho (Benicio 49 m), Martins (Peixoto 69 m) e Cadete. 
Treinador : Joao Fernando 

Golos: Ruben Feiteira (29 m), Bruno Telli (73 m) e Benicio (90+4 m).

Disciplina: Amarelo : Ze Barbosa (13 m), Barroso (14 m), Andre Ferreira (29 m ), Ruizinho (33 m), David (64 m), Ze Luis (80 m), Salgado (80 m, 90+2 m), Benicio (90+4 m).
Cartão vermelho:  Salgado (por acumulação) e Espiga (vermelho directo)

Sem comentários:

Publicar um comentário