domingo, 9 de novembro de 2014

Ecos da Imprensa sobre a vitoria em S.Torcato



In "Correio do Minho"

Uma bomba de João Dias e um André enorme na baliza deram a liderança provisória ao Ninense.

“Temos de nos queixar de um penálti e de um golo mal anulado. Sabíamos que ia ser um jogo difícil, o Ninense tem uma boa equipa. Agora nós temos também que contar com outros intervenientes no jogo e, neste caso, a equipa de arbitragem. Temos de nos queixar de um penálti logo nos primeiros minutos, claramente, o nosso jogador é empurrado e não se marca, e depois temos um golo anulado. Claro que quando assim acontece contra estas equipas, é difícil. Fizemos uma grande segunda parte, depois de uma primeira parte equilibrada, em que o Ninense marcou um golo numa bola de ressaca. Fomos para cima deles na segunda parte, fizemos um golo limpo e depois tivemos duas ou três oportunidades falhadas. Os jogadores já estavam em desespero, com a cabeça cheia do que se estava a passar no campo. Saímos dignificados, porque fizemos um grande jogo, contra uma grande equipa. “
 Francisco Branco (técnico Torcatense)

“Pela bravura dos meus jogadores merecemos a vitória. Um jogo que teve um vencedor justo à primeira parte, fizemos um grande golo, um golo de levantar um estádio. Estivemos bem, entrámos fortes na segunda parte, em que podíamos ter feito golo, depois tivemos contrariedades inesperadas e o Torcatense comprovou porquê que era líder. Tivemos um momento em que tivemos alguma felicidade, sem dúvida. A felicidade que tivemos hoje, foi a que nos faltou em outros jogos. Perdemos dois homens do sector recuado que nos obrigou a mexer na equipa num momento crucial, eles não entraram no jogo, tivemos que aguentar o ascendente do Torcatense. Se perto do final vem o empate teríamos que aceitar. Foi um bom jogo, extremamente bem disputado, num resultado incerto até ao fim. Pela bravura dos meus jogadores merecemos a vitória, mas poderia aceitar a divisão de pontos.”
João Fernando (técnico Ninense)

In "Diario do Minho"

Bomba de Joao Dias detonou uma bomba - e que bomba- no Campo do Arnado e deu tres pontos ao Ninense

Andre Ferreira foi o salvador ao negar o golo a Xavi no ultimo suspiro da partida

Foi um jogo quentinho, viril para homens de barba rija.

Nota: Ricardo Soares, central do Torcatense, já perto do intervalo, teve de ser substituido. O jogador baixou a cabeça e acabou por levar pontape na face, nao se conseguindo recompor. De acordo com informação recolhida junto de um diretor da equipa vimaranense, "o atleta foi transportado para o Hospital do Porto , onde provavelmente deverá operado."
A direção da AD NINENSE vem por este meio prestar toda a solidariedade com o jogador, deixando o desejo de rapidas melhoras.  

Sem comentários:

Publicar um comentário