domingo, 13 de dezembro de 2015

Ninense vence em Antime na estreia do tecnico Jose Rego

 
Momento de jogo do Antime Ninense

Reviravolta no marcador aconteceu já perto do final do jogo com golos de Tó Barbosa e Socrates. 

O Ninense deslocou-se este Sabado a Antime de Fafe onde arrecadou três preciosos pontos num jogo que marcou tambem a estreia no banco de Jose Rego, o novo timoneiro da equipa senior.
Depois de uma semana atribulada com uma onda de lesões a assolar o plantel, o novo tecnico teve de se socorrer aos juniores Telmo e Andre para poder escalar um grupo completo na ficha de jogo.
O Antime entrou pressionante e logo aos dois minutos a bola entra mesmo na baliza ninense, mas o lance é bem anulado por fora-de-jogo a Malhado.  A resposta aconteceu logo de seguida , com um grande remate de Joao Dias após canto marcado na esquerda. Aos dez minutos é André Ferreira quem mantêm o nulo com uma enorme defesa. O Ninense responde com um centro açucarado de David , ao qual Nelson Oliveira não conseguiu empurrar o esferico para a baliza deserta . 
Minutos volvidos , uma perda de bola dos ninenses quase dá em golo , mas o chapéu de Miguel sai ao lado da baliza do guardião ninense. Tó Barbosa , que apareceu esta partida a titular, arranca pela esquerda e com uma finta subtil tira dois adversarios do caminho. No entanto , mais uma vez, ninguem apareceu na area dos da casa para a estocada final. 
O Antime privilegiou o futebol directo em todo o primeiro tempo, fazendo prevalecer o ataque com alguns elementos de boa envergadura fisica. Num desses lances , pelos trinta e cinco minutos,  e na sequencia de um centro para a area ninense, Hugo Pinheiro acaba por ser infeliz e marca na propria baliza ao tentar cortar a jogada. 
O intervalo chegaria pouco depois, sem mais lances de perigo a registar. A primeira parte tinha sido movimentada, com ambas as equipas a disporem lances capitais para marcar, mas a equipa da casa capitalizara bem as oportunidades levando a vantagem no marcador. 
A segunda parte foi mais escassa em situações de golo, mas não menos emotiva. Logo aos seis minutos, o extremo Ismael serve Vasco, mas o avançado local falha a emenda na cara de Andre Ferreira. 
Embora com mais posse de bola, o Ninense não criava reais situações de golo, e o tecnico Jose Rego promove dupla substituição com as entradas de Cesario e Joaozinho. Um minuto volvido, Joaozinho deu o mote , rematando forte á baliza de Rui, guardião dos fafenses. Perto da meia hora, Jose Rego lança a ultima cartada, fazendo entrar Luis Tiago , arriscando tudo por um resultado diferente ao que registava o marcador.  No entanto, seria o Antime a criar novamente perigo, mas Ismael , um dos perdularios da tarde, isolado perante Andre Ferreira, mandou á malha lateral. 
Tó Barbosa iniciou a reviravolta no marcador
O relogio registava o minuto 40, e em dois minutos o Ninense acabou por fazer a reviravolta no marcador.
Tó Barbosa fica com a posse de bola dentro da area fafense, dribla um adversario e remata cruzado sem hipoteses de defesa para Rui.  O golo atordoou os homens da casa que pouco depois veriam a bola a beijar novamente o fundo das redes, quando Socrates correspondeu bem com um golpe de cabeça , após marcação de livre directo de Tó Barbosa. 

Entravamos no periodo de descontos, e o Antime dispôs de oportunidade soberana para igualar após boa arrancada de Ismael pela direita, mas Vasco acabou por falhar o golpe fatal.  
Socrates foi novamente decisivo na partida: soma já seis golos pelo Ninense
O apito do arbitro Jose Miguel soou pouco depois, dando por terminado o encontro.
Após uma semana de trabalho marcada pela chegada de um novo tecnico e salpicada por muitas lesões no plantel, esta vitoria valeu bem mais que os três pontos, num jogo onde os da casa tiveram algumas chances de sentenciar a partida , mas onde o espirito de sacrificio e a eficacia dos ninenses acabou por prevalecer. 
O trio de arbitragem esteve irrepreensivel em toda a partida. Três arbitros de classe, que priveligiam o dialogo com os jogadores ao invés de ir ao bolso procurar o cartão (primeiro cartão apenas aos 70 m), e quando assim é, o espectaculo sai sempre a ganhar.

No final da partida, o tecnico ninense Jose Rego realçou o grau de dificuldade da partida. Já Luis Gomes, tecnico dos fafenses lamentou a falta de eficacia da sua equipa.

" É sempre bom vencer, e mesmo só fazendo dois treinos com os atletas , penso que eles foram determinados e honestos e acabaram por vencer um jogo que não foi facil. Há ainda muito trabalho e há que aproveitar as coisas positivas, temos aqui bons futebolistas , eu acredito neles , vamos ver o que podemos fazer" 
Jose Rego, tecnico ninense 

" Já estamos habituados , ainda na semana passada sofremos o golo no ultimo minuto. O mal está em que não estou a conseguir dar aos meus jogadores que é a finalização . Conseguimos situações de golo , mas não marcamos. Na primeira parte poderiamos estar a ganhar por mais que um golo de diferença, mas isso não aconteceu. O Ninense tem uma belissima equipa e meteu tudo o que tinha para meter e conseguiu dar a volta á situação. Mesmo assim , poderiamos ter empatado , mas o meu jogador , não sei o que lhe deu na cabeça, não quis chutar á baliza , era só empurrar para a baliza. De qualquer forma, o Nine tudo fez para vencer e levou daqui os três pontos com alguma facilidade , é futebol, já estamos habituados a estas situações"
Luis Gomes, treinador do Antime

Ficha de jogo

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 
Campo de Jogos do Operario de Antime 

Operario Antime 1 - AD Ninense 2 

Arbitro Jose Ribeiro auxiliado por Valdemar Maia e Luciano Maia 

Pelo Antime jogaram: Rui, Ferruge, Miguel (Gustavo 59 m), Jonas (Samu 73 m), Vasco, Beijinhos, Raul, Malhado, Lopes (Raul Oliveira 79 m), Neves e Ismael.
Treinador : Luis Gomes

Pelo Ninense jogaram: Andre Ferreira, Martins ( Luis Tiago 77m ) , Pinheiro, China, David, Caseiro (Joaozinho 69 m), Venú, Joao Dias (Cesario 69 m ), Nelson Oliveira, Tó Barbosa  e Socrates. 
Treinador: Jose Rego

Marcadores: Hugo Pinheiro (p.b. 35 m), Tó Barbosa (85 m) e Socrates ( 86 m). 

Disciplina: Amarelos: Jonas ( 70 m), Pinheiro ( 78 m), Malhado ( 85 m) e Ismael ( 90+ 4 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário