domingo, 13 de março de 2016

Tudo a zeros na deslocação ás Taipas

Emoção, expulsões, e oportunidades de golo eminentes mas jogo terminou como começou: a zeros.

Taipas e Ninense empataram este Domingo a zero bolas , num dos grandes jogos da jornada. 
Começou melhor o Ninense e Campos logo no primeiro minuto, escapa pela esquerda, mas o remate cruzado sai ao lado. Logo de seguida foi Cesario quem remata para defesa apertada do guardião André. Na resposta, o Taipas quase inaugura o marcador, com Tiago Lobo a ladear o guarda-redes famalicense Fabio, mas a rematar ás malhas laterais.  O Ninense jogava instalado no meio campo vimaranense, e as ocasiões de golo eram desperdiçadas. Primeiro é Campos quem não aproveita uma saida em falso de Andre, não conseguindo o chapéu ao guardião. Depois é Venú quem vê negado um golo quase certo com uma grande defesa de André. Perto da meia hora, Campos, tem novas oportunidades de golo, primeiro num centro remate para defesa apertada do guardião da casa. Depois , a centro de Cesario, acaba por cabecear fraco, quando estava livre de marcação na area dos homens da casa. 
A primeira parte terminaria pouco depois, com um nulo penalizador para os comandados de Jose Rego. 
O segundo tempo trouxe mais emotividade ao desafio, fruto tambem de um Taipas mais inspirado. 
Jose Rego refresca a frente de ataque com as entradas de Mauricio e Christophe e logo no primeiro lance criam perigo com o centro de Christophe a não ter a melhor finalização por parte de Mauricio. Christophe tentaria o remate de longe mas o esferico passou ao lado. 
Estava passada uma hora de jogo, e o Taipas começou a criar verdadeiro perigo para as redes do Ninense. 
Num contra-ataque com superioridade numerica, os caçadores permitiram o desarme de Martins. Depois foi Rui Gomes quem apareceu de cabeça para grande defesa de Fabio. Perto da meia hora, Diogo Pinto é expulso do banco taipense por protestos.  O Taipas quase marca , mas Martins desarma Simão no momento certo, num lance onde os da casa ficaram a protestar pedindo a marcação de uma grande penalidade.  Simão , que havia rendido Fausto minutos atrás, ficou na cara de Fabio, mas rematou torto ao lado da baliza ninense. Segui-se Rui Gomes que cabeceou ao lado livre de marcação. 
Pouco depois, o ninense Martins vê o cartão vermelho, num lance onde o juiz da partida parece ter exagerado , já que até ao momento o jogo tinha registado lances semelhantes inclusivamente não sancionados. 
O Ninense teve de se reorganizar , mas continuou com a ambição dos três pontos.  Ainda assim seria o Taipas a falhar novamente de forma clamorosa, onde num contra-ataque de três jogadores e só com o guardião Fabio pela frente acabaram por enviar a bola pela linha final.  Christophe, do lado dos ninenses , ainda dispôs da derradeira oportunidade dos forasteiros, mas o chapéu ao guradião Andre saiu um pouco alto. 
O apito final do arbitro soaria pouco depois, sobe um coro de protestos do lado das hostes do Taipas. 
Num jogo onde se registaram varios dominios de jogo - o Ninense esteve bem no primeiro tempo, o Taipas bem melhor na segunda parte, aceita-se o empate final, ainda que pudesse ser carimbado com golos. 


"Foi um jogo bem disputado em que na primeira parte entramos bem. Praticamente o Taipas não teve um lance de perigo , enquanto nós acabamos por ter quatro ou cinco ocasiões claras de golo. Não o fazendo é um problema. De qualquer maneira tenho de dar o louvor aos atletas , empenharam-se e deram o maximo.
No segundo tempo após os dez minutos o Taipas cresceu. Em termos tacticos estivemos bem mas depois não fomos tão rigorosos o que possibilitou o Taipas a ter contra-ataques e oportunidades de golo. Depois a expulsão, com outros lances iguais onde não houve o mesmo criterio, a equipa ficou mais solidaria e reorganizamo-nos , tendo mesmo na parte final uma situação que podiamos ter feito o golo.  Temos treinado a finalização , mas a verdade é que a bola não está a entrar e isto paga-se caro." 
Jose Rego, treinador do Ninense 

Ficha do jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

Campo do Montinho 

Caçadores das Taipas 0 - AD Ninense 0 

Arbitro : Arnaldo Lima auxiliado por Andreia Sousa e Paulo Leitão

Pelo Taipas jogaram: Andre, Silvio, Bruno Machado, Dunio, Lobo (Diogo 66 m), Rui Gomes, Inacio, Fausto (Simão 57m), Ruben ( Ruca 83 m),  Antonio, Paulinho.

Pelo Ninense jogaram: Fabio, China, Pinheiro, Alexandre, Barroso, Martins, Venú, Campos (Christophe 53m) , Cesario, Tó Barbosa (Andre Araujo 88 m) e Nelson Oliveira  (Mauricio 53 m). 

Disciplina: Amarelos: China (24 m) , Ruben (78 m) , Silvio ( 81 m), Alexandre (86 m), Bruno Machado ( 88 m), Ruca ( 90 m), Fabio (90+1 m). 
Vermelhos: Martins (78 m) e Diogo Pinto (do banco).



 

Sem comentários:

Publicar um comentário