domingo, 16 de outubro de 2016

Ninense regressa aos triunfos com vitoria historica


Lance do jogo entre Ninense e Santa Eulalia

Enorme exibição de João Sampaio e dois "sombreros" de Socrates decidiram o desafio. 

O Ninense regressou ás vitorias este domingo com uma vitoria sobre o CCD Santa Eulalia por surpreendentes quatro golos a dois, já que a equipa de Vizela era a melhor defesa com tres apenas tres golos sofridos em nove desafios. Ainda assim, em campo defrontavam-se duas equipas que vinham de derrotas, com o objectivo claro de lutar pelos três pontos em disputa. 
Começou melhor o conjunto de Vizela com pressão alta e a bola a rondar as redes de João Sampaio. Aos treze minutos, é mesmo o guardião ninense quem começa a escrever a historia do desafio com uma enorme defesa por instinto a remate de Marquinho.  A resposta não podia ser mais letal. David penetra pelo corredor esquerdo , centra atrasado e Jorginho, liberto de marcação ao segundo poste, abria a contagem. 
Jorginho abriu o marcador aos 13 minutos para o Ninense
O segundo do Ninense aconteceu volvidos três minutos em lance tirado quase a papel quimico. Desta vez foi Nelson Oliveira quem conseguiu ser mais rapido com a bola nos pés que os defesas, e correu quase quarenta metros por todo o flanco esquerdo, rematando cruzado para o segundo da tarde. 
A perder por dois golos, os comandados de João Fernando voltaram ao ataque, mas encontraram em João Sampaio um muro intransponivel, com duas defesas verdadeiramente assombrosas, a remate de Simão de Marquinho. Aos 35 minutos, o tecnico vizelense mexe no onze inicial, tirando Paulinho e colocando no seu lugar o atacante Totas. 
Já perto do intervalo , novos lances de perigo. Primeiro é o Santa Eulalia quem envia a bola á trave de Joao Sampaio. Depois é Socrates e Jorginho quem estão perto de dilatar o marcador para o Ninense.
Joao Sampaio foi o heroi do primeiro tempo nas hostes ninenses
O intervalo chegaria de seguida, e a segunda parte começaria como a primeira , com um Ninense eficaz nas tarefas ofensivas e a não facilitar no setor defensivo.  Socrates seria mais uma vez decisivo no marcador, e bisou nos primeiros dez minutos da segunda parte com dois chapeus de belo efeito , deixando o guardião Lopes pregado no chão. A goleada poderia ter contornos historicos não fosse a reacção da equipa forasteira, que mesmo a perder por quatro tentos, nunca atirou a toalha ao chão. João Fernando esgota as substituições com as entradas de Benicio e Monteiro, e o Santa Eulalia consegue mesmo marcar dois tentos, o primeiro por intermedio de Andre Cunha de grande penalidade e o segundo num golo de belo efeito de Magalhães. Não haveria tempo para mais, e a vitoria não escaparia aos homens de Hugo Santos, nesta que foi a primeira vitoria do Ninense sobre o conjunto de Vizela. 
O trio de arbitragem liderado pelo arbitro Ulisses Costa, apesar de alguma contestação pelos visitantes, teve uma actuação positiva, dando um criterio largo aos intervenientes e privilegiando o dialogo á sanção, num jogo onde foram exibidos somente tres amarelos. 

No final da partida , o treinador Hugo Santos falou de uma vitoria com merito fruto de uma exibição muito conseguida. Já João Fernando disse que o objectivo de subir é para esquecer e que o Ninense ganhou bem, capitalizando bem os erros dos seus atletas. 
    
" Este jogo foi a antitese do que se passou na semana, em que o nosso adversario acabou por fazer quatro golos quase sem rematar á baliza. Hoje conseguimos marcar dois golos nos primeiros instantes , o que nos deu uma certa almofada para gerir o resto do encontro. No futebol, por vezes estamos de um lado, por vezes do outro. Foi uma vitoria frente a um dos candidatos mais fortes desta divisão que reforça a nossa confiança no nosso trabalho." 
Hugo Santos , treinador do Ninense 

"Francamente o melhor a voces é esquecer o objetivo da subida, e ambicionar ficar nos primeiros lugares da tabela. Ficou aqui demonstrado que não temos argumentos para mais nada. Os outros ganham sempre, nós perdemos duas vezes seguidas. Deixamos um jogador fazer quarenta metros e meteu a bola como quis. Isso não é normal. A sorte que o Ninense teve hoje não vamos ter para a semana. Depois teve hoje aqui o João Sampaio com uma exibição fantastica. A verdade é que o futebol não se compadece com isto. Eu não estava em Serzedelo na epoca passada mas deu nisto. O resultado é que fica para a historia. O Nine ganhou bem, aproveitou bem os nosssos erros,  parabens ao Nine. Há equipas bem mais apetrechadas que nós e isso ficou aqui bem patenteado. O Socrates na semana passada mal tocou na bola, e hoje fez dois golos de chapéu. Há coisas que são inexplicaveis. A minha equipa veio aqui feita boa samaritana."
Joao Fernando, Treinador do CCD Santa Eulalia 

Ficha de Jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF Braga  

Complexo Desportivo de Nine 

AD Ninense 4 - CCD Santa Eulalia  2 

Arbitro : Ulisses Costa auxiliado por Tiago Cepa e Carlos Rodrigues

Pelo Ninense jogaram: Joao Sampaio , Paulo Ricardo, Novo, David, Martins, Tito, Venú, Nelson (Andre 90 m), Xavi, Socrates (Rui Gomes 83 m) e Jorginho (Luis Tiago 78 m).
 Treinador : Hugo Santos  

Pelo Santa Eulalia jogaram:  Lopes, Paulinho (Totas 35 m), Paulo Sampaio, Alves, Armando, Leal, Cascavel, Andre Cunha, Magalhaes, Marquinho e Simão.
Treinador: João Fernando 

Marcador:  Jorginho (1-0 aos 15m), Nelson Oliveira (2-0 aos 18 m), Socrates (4-0  aos 48m + 54 m ), Andre Cunha (4-1 g.p.aos  68 m), Magalhaes (4-2 aos 77 m).

Disciplina: Amarelos : Magalhaes ( 17 m), Totas ( 45 m) e Luis Tiago (80 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário