domingo, 15 de janeiro de 2017

Ninense regressa ás vitorias caseiras



 Ninenses estiveram a perder, mas segunda parte de luxo deu reviravolta no marcador.

O Ninense recebeu e bateu este domingo o conjunto do Marinhas por tres golos a um.
O jogo começou com uma oportunidade para os de Nine, com Martins a centrar mas Socrates a cabecear por cima.  Na resposta, Jeronimo quase surpreende Joao Sampaio com um centro-remate, mas o guardião ninense estava atento, defendendo para canto. 
Perto dos 23 minutos, a bola ronda as redes ninenses, e Tiago Oliveira evita o golo em cima do risco de baliza, após remate de Carioca. Aos trinta minutos, Rui Gomes tem nos pés a melhor chance de golo do primeiro tempo, mas o remate sai ao lado.  A resposta dos visitantes não podia ser mais letal, e aconteceu tres minutos depois.  Canto apontado pela direita, Salgado centra para a area, mas a bola acaba por ter uma trajectoria esquisita, entrando ao segundo poste da baliza ninense. Estava feito o primeiro da tarde. 
O golo da igualdade quase acontecia minutos depois. Martins centra rasteiro para a area, o esferico fica á mercê dos atacantes ninenses, e só por milagre não entra. O Marinhas voltou a comandar as operações e João Sampaio teve de se aplicar por mais duas vezes com dois remates traiçoeiros. 
O empate iria se manter até ao intervalo, com a vantagem minima do Marinhas, que assim premiava a ousadia dos visitantes e penalizava a falta de eficacia atacante dos homens de Hugo Santos.

O tecnico ninense não esperou mais e fez a primeira substituição ao intervalo, fazendo render Andre com a entrada de Christophe.  Logo no primeiro minuto da etapa complementar , Venú quase empata, mas o guardião Ze Luis defende para canto. Pouco depois, Ruca , em jogada individual, falha o segundo do Marinhas.  Aos 20 minutos, Socrates sai lesionado na partida , dando lugar a Fonseca. 
A substituição deu frutos, e três minutos depois, Nelson corre isolado e é travado por Salgado. O lance é contestado pelo Marinhas, mas Salgado acaba mesmo por derrubar o atacante ninense dentro da area, com a respectiva marcação de grande penalidade. Na conversão, Rui Gomes marca o golo do empate.

O lance abalou os comandados de Rui Vasquinho que viram o Ninense consumar a reviravolta apenas quatro minutos depois. Rui Gomes ganha a bola pela direita e centra com mestria para Nelson Oliveira, que ao segundo poste fuzila as redes visitantes. 
O tecnico visitante arriscou tudo com as entradas de Rodrigo e Nakata, mas a vantagem minima dos ninenses arrastou-se até aos descontos.  Na marcação de um canto, o guarda-redes visitante subiu á area, e na marcação do canto, os ninenses aliviaram o esferico , com Venú a receber a bola no seu meio campo, e numa corrida desenfreada só parou com a bola nas redes visitantes, selando o terceiro e ultimo golo da tarde.
O trio de arbitragem esteve seguro e fez um bom trabalho, acertando na decisão dos lances mais complicados do desafio. 
Com esta vitoria, os Ninenses aproximaram-se do pelotão da frente, numa jornada onde curiosamente, as equipas da frente empataram os seus jogos. 

Ficha de jogo 

18ª Jornada do Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA 

Complexo Desportivo de Nine 

AD NINENSE 3  - FC MARINHAS 1

Arbitro : Tiago Castro auxiliado por Renato Castro e Gualter Castro 

Pelo Ninense jogaram: Joao Sampaio, David, Martins, Paulo Ricardo, Tiago Oliveira, Xavi, Nelson Oliveira, Venú, Andre (Christophe 45 m), Rui Gomes (Diogo Novo 90+2 m) e Socrates (Fonseca 66 m).
Treinador: Hugo Santos 

Pelo Marinhas jogaram: Ze Luis , Salgado, Luis Amorim, Ruca (Rodrigo 80 m), Carioca, Gramoso, Mocho, Nandinho (Nakata 85 m), Renato (Mauricio 69 m), Jeronimo, Rui Azevedo.
Treinador: Rui Vasquinho 

Marcadores: Salgado (33 m), Rui Gomes (73 m g.p.) e Venú (90 + 2 m). 

Disciplina: Amarelos:  Salgado (73 m), David (75 m), Christophe (77 m), Rui Gomes ( 78 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário