segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Derbi famalicense sorriu ao Ninense






Diz a sabedoria popular que “não bem que sempre dure nem mal que nunca acabe”, e este proverbio dos antigos pode mesmo definir a primeira vitoria do Ninense no campeonato , e logo num dérbi concelhio onde o conjunto alvi-negro saiu a sorrir frente ao Grupo Desportivo de Joane com um resultado final de dois golos sem resposta.
Começou melhor o Ninense, que desde cedo mostrou que almejava os três pontos, e logo no minuto quatro, na sequencia de um canto batido por Rui Torres, o avançado joanense Totas , em lance infeliz, acaba por colocar a bola na própria baliza.
O Joane tentou reagir e dispôs de dois lances para igualar a partida, primeiro numa saída do guardião João Nunes que quase lhe valia um chapéu e depois por Totas, que apareceu livre de marcação mas rematou ao lado.  Aos poucos, a muralha defensiva ninense foi acertando , e voltaria a equilibrar as operações. Ricardo, perto da meia hora, enche o pé, mas o remate sai ao lado da baliza do guarda-redes Sergio.
Ciente que a equipa da casa estava a dar boa replica, o treinador visitante Joao Pedro Coelho promoveu dupla alteração ao intervalo, tentanto dar mais acutilância ofensiva com as entradas de Gomis e Machado.
No entanto, a equipa ninense esteve sempre á altura das operações com Nani e China em bom plano a travarem as bolas bombeadas para a area dos da casa, e sempre que podiam, espreitando um contra-ataque rápido que pudesse matar o jogo. Totas ainda deu a ultima esperança aos visitantes, quando perto do minuto 78 encheu o pé, mas rematou por cima da baliza dos de Nine.  O Ninense ia criando perigo através de boas triangulações no meio campo e do incansável Tó Coentrão que por um punhado de oportunidades pôs em alerta as redes dos visitantes.
Já em período de descontos, quando o Joane jogava mais com o coração que a razão, o Ninense desenha um rápido contra-ataque e Tó Coentrão ainda vai buscar forças para correr isolado e perante Sergio marcar o tento da tranquilidade que deu os primeiros três pontos da temporada ao conjunto ninense.
Acabou por ganhar a equipa mais pragmática, que soube melhor defender, que fez do espirito de entre-ajuda e da capacidade de sofrimento as suas armas, neste que foi o primeiro dérbi concelhio da temporada.
O trio de arbitragem esteve sempre á altura dos acontecimentos, sem erros de maior. 


Ficha de jogo

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA

Complexo Desportivo de Nine 

Arbitro: Tiago Machado auxiliado por Jose Novais e Pedro Pinto
Pelo Ninense jogaram: Joao Nunes, China, Nani, João, Rui Torres, Maciel (André), Joao Dias, Ricardo (Joel), Luis Tiago (Vitinha), Chidi e Tó Coentrão.
Tecnico : Filipe Gonça

Pelo Joane jogaram:  Sergio, Ferreira, Gomes, Cerqueira, Pedro José, Cesario (Benicio) , Ribeiro, Mario (Gomis), Vitinha, Totas e Faria (Machado).
Tecnico : Joao Pedro Coelho 

Marcador: 1-0 aos 4 m (auto-golo Totas) , 2-0 aos 90+4 m (Tó Coentrão) .

Sem comentários:

Publicar um comentário