sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Juniores somam nova vitoria



Os Juniores do Ninense fecharam o ano em grande com mais uma vitoria , desta vez em Santa Maria de Galegos , onde bateram a equipa da casa por dois golos a um.
Mais do que os três pontos, estava em jogo a vantagem de sete pontos dos comandados de Sergio Campelo sobre a equipa do MARCA de Vila Cova.
Era uma verdadeira prova de fogo, com a equipa do Ninense a ter de lutar contra a onda de lesões que assola o plantel e a ter de jogar num pelado massacrado por dois jogos disputados minutos antes do inicio da partida.
Começaram melhor os da casa, mais habituados ao piso irregular, ganhando um livre já no seu meio campo. Na marcação do livre, sai bola direta á baliza, e Daniel , traído pelo sol, acaba por falhar a saída, resultando no primeiro golo para os da casa.
Os visitantes arregaçaram as mangas, e apostaram no futebol direto , já que sair a jogar era praticamente impossível. No meio campo, Jorge Fonseca era a pedra mais desiquilibradora, um operário para a equipa, ajudado por Tiago Borges no municiamento ao ataque. Na frente, Picó, Jordan e Higor, criavam lances de perigo, mas sem resultados práticos. Num lance gritou-se golo, com Jordan a rematar a centímetros do poste. No entanto , o golo acabaria por acontecer já perto do final da primeira parte, com Serginho a aparecer oportuno na área e a rematar colocado , fazendo o tento da igualdade.

A segunda parte teve praticamente um sentido, que foi a baliza do Santa Maria. Roubar um ponto ao líder parecia ser prémio para os da casa, pelo que sem surpresa a equipa da casa começou a recuar linhas e a primar por algum anti-jogo.
No entanto, a pressão dos ninenses acentuou-se, e já na reta final , Veloso aparece implacável num canto , cabeceando ao ângulo da baliza barcelense e fixando o resultado final. Pelo meio, ainda haveria lugar para a expulsão direta de um jogador da casa por palavras dirigidas ao arbitro e que lhe valeram quatro jogos de suspensão.

Vitoria justa dos ninenses, num terreno difícil, perante uma equipa que jogou com as armas que tinha , tendo o terreno a seu favor e que estranhamente está numa posição classificativa pouco consentânea ao futebol que , pelo menos  nesta partida, apresentou.  

Sem comentários:

Publicar um comentário