domingo, 12 de janeiro de 2014

Alma Ninense está de volta !

Muita luta no meio campo deu em empate 
Empate na reta final do desafio podia ter mesmo dado em vitoria para os forasteiros

A AD Ninense foi este Domingo buscar a Mirandela um precioso ponto onde  empatou a uma bola.
O tempo era invernoso e pouco convidativo a uma viagem de quase 400 quilometros, mas foram mesmo assim muitos os irredutiveis ninenses que quiseram marcar presença no Campo S.Sebastião em Mirandela.
E o facto é que acabaram por assistir a um bom jogo, jogado em bom ritmo, duro mas leal de parte a parte. 
Eram poucas as opções do tecnico ninense Paulo Rafael, que tinha quinze jogadores disponiveis, aparecendo no onze inicial Diop, reforço chegado esta semana a Nine. No banco, três juniores assistiam ás emoções da partida. 
Começaram melhor os da casa, bem mais habituados ao terreno escorregadio do relvado natural, e logo aos dois minutos, Billa centra com perigo, mas o ninense Andre Ferreira defende para canto. Foi uma primeira parte muito intensa , ainda que com poucas oportunidades de golo. Aos trinta minutos, Capela remata com violencia, mas a bola sai por cima da baliza dos locais. Do outro lado, multiplicavam-se as solicitações aos extremos Billa e Fabio Fortes, mas os ninenses David e Renato chegavam para as encomendas. 
Já perto do intervalo e contra a corrente do jogo, o Ninense sofre o golo. Billa aparece frente a Andre Ferreira que faz bem a mancha defendendo a bola para onde corria China que com infortunio acaba por colocar a bola na propria baliza. Era um rude golpe nas aspirações ninenses que tudo fizeram para segurar o empate até ao intervalo. 
Madior foi uma seta apontada contra a sua antiga equipa 
O segundo tempo trouxe novo alento aos ninenses agora á procura de recuperar da desvantagem no marcador. O novo tecnico do Mirandela Nuno Lima substitui Nuno Paulo por Joao Amaral, e a equipa da casa começou a recuar as linhas , espreitando um contra-ataque. O primeiro sinal de perigo foi mesmo dado pelos famalicenses, com Renato a rematar de longe, mas Pedro Fernandes a segurar. O Mirandela só deu o ar da sua graça aos vinte minutos, com Gradissimo a centrar para a cabeça de Billa, mas este a rematar ao lado. No entanto , o Ninense tinha mais posse de bola, com Madior a cotar-se como um dos melhores em campo, ele que começou a epoca precisamente em Mirandela. David e Renato apareceram em grande na partida, subindo pelos flancos , e servindo Capela e Bruno Silva na frente de ataque. O minuto trinta do segundo tempo acabaria por ser determinante na partida. Primeiro é Andre Ferreira quem faz uma defesa do outro mundo , quando Fabio Fortes tudo tinha para ampliar a vantagem. No mesmo minuto , Paulo Rafael faz entrar o regressado Ruizinho, ele que acabaria por ser um trunfo na estrategia para o assalto final do Ninense. Jogando bem colado na linha, o extremo ganhava espaços, dando amplitude ao ataque dos de Nine. Do outro lado, o recem entrado Luis Tiago tambem dava agua pela barba aos desgastados laterais da casa. E pode dizer-se, o golo do Ninense ao minuto oitenta acaba por ser justo e merecido premio para uma equipa que nunca baixou os braços , bem á imagem do emblema que os jogadores envergam na camisola. 
Renato escapa pela direita, e centra para o segundo poste com o guarda redes em defesa apertada a deixar a bola sobrar para Bruno Silva, que com um passe cruzado solicita Luis Tiago ao segundo poste que encosta para as redes desertas.  Atordoados pelo empate, os locais ainda tentaram chegar á vantagem, mas o remate de Djibrill no minuto noventa saiu ao lado das redes de Andre Ferreira. No lance seguinte, é Ruizinho quem escapa pela direita, mas o centro acaba por sair um pouco alto, quando Bruno Silva estava isolado frente ao guarda-redes Pedro Fernandes. 
No final, os adeptos ninenses felicitavam a sua equipa , aplaudindo o empenho e garra que hoje estes guerreiros demonstraram em campo.
Arbitragem irrepreensivel de um trio de juizes preocupado em ser discreto, num terreno pesado mas num jogo leal que resultou em apenas um amarelo em todo o jogo.




"Estou contente com este resultado, mas ainda mais pela postura e atitude que este grupo mostrou hoje em campo, bem diferente do jogo da semana passada. Precisamos de atitude identica para o resto do campeonato, com um pouco de sorte que nos tem fugido, mas a sorte tambem dá trabalho, temos de tentar pontuar em Bragança para a semana até ao limite das nossas forças. "
Paulo Rafael, treinador do Ninense

David foi um todo-terreno em Mirandela 

Ficha do jogo 

Campo S.Sebastião em Mirandela
Arbitro Helio Tavares com Helder Ferreira e Daniel Vicente ( AF CASTELO BRANCO)

Pelo Mirandela jogaram:  Pedro Fernandes, Adriano, Bruno Graça, Corunha, Filipe (Djibrill 83'), Sergio Duarte, Ruca, Gradissimo (Rui Lopes 66'), Fabio Fortes, Billa, Nuno Paulo (Joao Amaral 45').

Pelo Ninense jogaram : Andre Ferreira, David, China, Diop (Ruizinho 76'), Helder Guimaraes (Luis Tiago 66'), Tiago Fernandes,Joao Cruz, Madior, Renato, Capela (Tiago Oliveira 85') e Bruno Silva.

Marcadores : China (p.b. 40'), e Luis Tiago (81').
Disciplina : Amarelos : Diop (20').
Vermelhos: Nada a assinalar.

Sem comentários:

Publicar um comentário