domingo, 19 de janeiro de 2014

Carnaval chegou mais cedo a Bragança




Podem ferir-nos a alma. Mas nunca nos tirarão o orgulho de ser Ninense.

Dia bonito e um passeio por Tras-os-Montes para ver a sua equipa do coração foram ingredientes mais que suficientes para levar quase duas centenas de adeptos ninenses á cidade de Bragança. 
Á partida esta seria um desafio desiquilibrado, com o segundo classificado a receber o lanterna vermelha, mas o jogo acabou por ter uma terceira equipa em evidencia, neste caso o trio de arbitragem designado para a partida. 
Começou melhor a equipa da casa, pressionante em busca do golo. Aos cinco minutos, Nani falha clamorosamente um golo rematando ao lado uma bola atrasada de Fabio Gomes. Aos dez minutos seria Fabio Gomes a falhar o remate , ele que estava desmarcado na area ninense.  Os famalicenses fizeram a sua primeira aparição aos onze minutos, com Capela a desenvecilhar-se de dois adversarios, mas a rematar á rede lateral. Aos vinte minutos de jogo , Fabio Gomes desmarca-se bem e remata com potencia, mas Andre Ferreira bem enquadrado, segura o remate do da casa. 
Com algumas perdidas já na bagagem, o nervosismo começou a apoderar-se dos brigantinos, e o Ninense começou a equilibrar as operações. Á meia hora, o ninense Bruno Silva tira um adversario do caminho com um toque de classe, mas o remate final sai por cima. Na resposta, Rui Gil falha o golo, rematando por cima. Com esta indefinição no resultado, os minutos finais da primeira parte acabaram por ter novo protagonista, neste caso o trio de arbitragem. O primeiro sinal de á navegação foi o amarelo a Helder Guimarães, por uma falta igual a tantas outras. Depois de uma sequencia de faltas ofensivas aos de Nine, o jogo conheceu cinco minutos de descontos , numa primeira parte sem grandes paragens. 

O segundo tempo pouco trouxe de novo e no pior dos sentidos. O primeiro lance de perigo seria a favor dos famalicenses , com Bruno Silva a roubar uma bola ao central brigantino, mas a deixar-se desarmar no momento do remate. O tecnico da casa Rui Vilarinho promove duas substituições de uma assentada , sentindo que a equipa da casa estava pouco acutilante. O jogo continuava equilibrado até que á passagem do quarto de hora, é assinalada falta a Renato á entrada da area. Na marcação do livre direto, a bola é rematada para a area onde o arbitro consegue ver uma falta merecedora de grande penalidade. O lance, por si só anedotico, foi motivo de risada geral, mas o pior ainda estava para vir, quando Rui Borges remata ao poste, adiando assim o golo dos locais. Cinco minutos depois, novo lance digno dos melhores filmes de comedia vistos nos ultimos anos. Um jogador do Bragança centra para a area, e Tiago Fernandes vira as costas á bola, seguramente a um bom par de metros fora da area.  Considerou o juiz da partida que o central ninense cortou a bola com a mão e dentro da area, marcando o segundo penalti em escassos minutos. Foi um sentimento de revolta que se gerou entre os cerca de 200 ninenses presentes em Bragança, levando muitos a abandonar o Estadio em sinal de protesto perante tamanho roubo a que assistiam. Fabio Gomes seria chamado a marcar , e cobrou a grande penalidade fixando assim o resultado final. 
Embora ainda com cerca de vinte minutos de partida por disputar, o jogo acabara nesse momento, com a equipa da casa a dominar a partida, ajudada sempre que necessario por um arbitro que cortava os lances de ataque do Ninense com faltas ofensivas e cartões amarelos por... simulação.  
A partida de hoje fica assim manchada pela triste atuação de um trio de arbitragem que mostrou notoriamente ter pouco engenho para provas deste patamar. 

"Penso que o Ninense acabou por fazer um bom jogo, mas acabou por ser derrotado por coisas que aconteceram extra-futebol. Esta epoca tem nos acontecido isto frequentemente, damos boas replicas aos adversarios, mas depois acontecem estas coisas como a de hoje. Noutras circunstancias estariamos alguns lugares acima na tabela. Uma palavra de apreço para a nossa massa associativa que esteve aqui hoje, vinda de tantos quilometros e a esta direção que tudo nos tem dado para tentar tirar o clube da situação em que se encontra." 
Helder Guimaraes, Capitão do Ninense


Ficha de Jogo

Estadio Municipal de Bragança

GD Bragança 1 -  AD Ninense 0
Arbitro  Bruno Pinto com Bruno Alves e Oscar Andrade ( AF GUARDA)

Pelo Bragança jogaram: Ximena, Serginho, Rui Borges (Capelo 84'), Rui Gil, Lemos, Luis Rodrigues (Ronan 52'), Pedro Pereira, Fabio Gomes, Karate, Nani (Moises 52') e Luis Gancho.
Treinador: Rui Vilarinho

Pelo Ninense jogaram: Andre, David, Renato, China, Tiago Fernandes, Helder (Luis Tiago 71'), Madior (Emerson 82'), Capela, Joao Cruz, Diop e Bruno Silva (Ruizinho 71´).
Treinador : Paulo Rafael

Marcador: Fabio Gomes (65´g.p.)
Disciplina: Amarelos: Helder Guimaraes (38'), Luis Rodrigues (45´), Renato (60'), China (61'), Tiago Fernandes (73'), David (77'), Moises (83'), Diop (90').
               Vermelhos: Nao houve.




Sem comentários:

Publicar um comentário