domingo, 17 de maio de 2015

Juvenis a um passo da subida de divisão

Andre já nos habituou a grandes golos e o deste jogo não foi excepção
 
Juvenis asseguraram o segundo lugar no campeonato ao bater o Ruivanense por duas bolas a zero.  Resta agora a derradeira jornada onde só uma vitoria por numeros gordos interessa. 

Manhã muito quente em Nine num jogo onde era o tudo ou nada para ambos os conjuntos. Os jogos entre ambas as equipas em epocas anteriores têm sido pautados por vitorias ténues conseguidas por detalhes. E este jogo não foi excepção, com os golos a aparecerem de bola parada já na segunda parte. O Ninense procurava uma vitoria que lhe assegurasse o segundo posto na classificação, pelo que entrou a todo o gás na partida. Numa primeira parte bem jogada de lado a lado, o equilibrio entre ambas as equipas foi notorio, até porque o minimo erro poderia ser fatal. Andre, com um remate de longe quase marcava pelo Ninense, e foram poucas mais as oportunidades para destarem o nó da igualdade. O segundo tempo foi iniciado de forma mais pausada e com sinal mais do Ruivanense. No entanto, o guardião ninense entre os postes  foi dando confiança aos seus colegas com duas defesas primorosas. Na frente de ataque , Alessandro e Ze tentavam importunar a defensiva dos visitantes. No entanto, o golo ninense aconteceria a meio do segundo tempo, e por intermedio de Alvaro Pinheiro. Canto batido pela esquerda , e Alvaro a subir mais alto que todos, fazendo um belo golo de chapéu ao keeper visitante. 
O golo precipitou o jogo para um ritmo bem mais elevado, com o Ruivanense a tentar em desespero um golo que os relançasse na discussão do resultado.
No entanto, a cinco minutos do fim, o golo da tranquilidade ninense, e que golo.  Andre, o centro-campista ninense, cobra um livre direto a uns bons trinta metros da baliza forasteira ,e mete a bola "na gaveta" de forma indefensável , pondo um ponto final na discussão do resultado. 
Com esta vitoria, o Ninense assegura o segundo lugar da serie , mas a subida ainda está dependente da derradeira jornada, onde o Ninense tem forçosamente de vencer no terreno do Delães , se possivel por numeros gordos, para almejar um dos melhores segundos lugares das series. 
Na prática, se o Ninense vencer o seu jogo e o Vieira ( da serie D ) não vencer no terreno do Arões, o Niense carimba o segundo melhor lugar das quatro series. Já uma vitoria das duas equipas ( Ninense e Vieira) , apenas dará vantagem ao Ninense se marcar mais seis golos de diferença que o Vieira. 
Assim sendo, tudo se resume ao ultimo e derradeiro jogo em Delães, para a consagração desta jovem equipa ninense.

Sem comentários:

Publicar um comentário