sábado, 3 de outubro de 2015

Primeira derrota no campeonato custou liderança


Simão , guarda-redes do Terras do Bouro foi o heroi da partida, defendendo tudo pela frente, inclusivamente uma grande penalidade ao cair do pano da primeira parte.

Em tarde quente de Outono, a Associação Desportiva Ninense foi surpreendida por um balde de agua fria , ao ser derrotada em casa pelo conjunto do Terras de Bouro por uma bola a zero, perdendo assim a invencibilidade no campeonato e caindo para o terceiro posto da classificação. 
Ao contrario da semana passada no jogo em Brito, a equipa ninense entrou com pouca determinação em campo, criando pouco perigo para as redes de Simão, guardião forasteiro e foram mesmo os visitantes a criar primeiro perigo com Martinho logo aos dez minutos a rematar ao ferro da baliza de Andre Ferreira na cobrança de um livre directo. 
O Ninense responderia pouco depois, com Venú a proporcionar uma excelente defesa de Simão.
O lance serviu de tonico para o guardião, catapultando-o para o resto da partida como o homem do jogo. 
Perto da meia hora, Rato quase marca auto-golo num atraso ao seu guardião, mas Simão ainda foi a tempo de retificar o erro do colega. Aos 39 minutos, o mesmo jogador ceifa Venú dentro da area e o arbitro Joel Dias assinala de pronto a grande penalidade. 
Na conversão do castigo maximo, Nelson Oliveira remata de forma denunciada e Simão defende a bola. 
Descontente com a prestação da sua equipa , Hugo Santos troca Martins por Barroso ao intervalo para dar mais profundidade ao jogo , mas dois  minutos depois do reinicio da partida os visitantes chegam ao golo com alguma fortuna por intermedio de Miguel Gama, aproveitando uma hesitação entre os centrais ninenses e Andre Ferreira. 
Na resposta, Socrates fica em boa posição para igualar a partida, mas é desarmado na hora de rematar por Rato. 
Com o resultado a seu favor, os comandados de Jorge Macedo recuaram as linhas, espreitando o contra-golpe e usando de alguma dureza na abordagem aos lances, facto que levaria á expulsão por acumulação de cartões de Maia , já perto da meia hora do segundo tempo. 
O Ninense criava situações de perigo, mas ora pela desinspiração dos seus atacantes ora pelas grandes defesas de Simão, o golo acabaria por não surgir.
Primeiro foi Ventura que depois de dominar a bola de peito , em plena area remata ao lado. Cadete , de livre direto , fez com que Simão brilhasse novamente. China, em duas situações, poderia ter marcado. Já nos descontos finais, quando muitos gritaram o golo de empate, o guarda-redes visitante susteve novamente a bola, congelando a vantagem minima para a sua equipa e fazendo assim com que os três pontos viajassem para as terras bourenses. 
O final da partida foi pautado por algumas escaramuças e trocas de palavras , rapidamente serenadas por membros das duas equipas. 
 O arbitro Joel Dias e seus pares acabaram por fazer um trabalho positivo , onde foram forçados a mostrar muitos cartões para segurar uma partida onde a estrelinha da sorte tombou para os bourenses e onde teve o seu esplendor mais alto no guarda-redes  Simão, guardião que defendeu já as cores ninenses no passado. 
Na proxima semana a Associação Desportiva Ninense visita o reduto do Santa Eulalia de Vizela . 
Simão foi o homem do jogo

" Foi um jogo muito complicado, queriamos entrar bem na segunda parte e acabamos por sofrer um golo. Depois o Terrras de Bouro fechou-se, e foi mais complicado. Este tipo de jogos em casa são sempre muito dificeis , as equipas visitantes fecham-se muito , tentamos, tivemos as nossas ocasiões, há jogos assim, onde podemos estar aqui o dia inteiro. O guarda-redes do Terras do Bouro foi de longe o melhor em campo. Defendeu bem, fez uma defesa estrondosa ao acabar. Não me queixo de um possivel penalti agora no final , porque se calhar ele tambem o defendia. Mas pronto, são jogos complicados, em que estes sim pesam para o campeonato. Como comentei a semana passada, a vitoria em Brito apenas teria signficado se hoje dessemos continuidade , infelizmente não demos, mas o campeonato é tão longo que da mesma maneira que não me iludi quando ia em primeiro , agora tambem não me iludo e vamos continuar o nosso caminho. " 
Hugo Santos, treinador do Ninense 

Campeonato AF BRAGA PRO-NACIONAL   7ª Jornada 

Complexo Desportivo de Nine 

AD NINENSE 0 - TERRAS DE BOURO 1 

Arbitro : Joel Dias auxiliado por Joao Macedo e Jose Novais 

Pelo Ninense jogaram: Andre Ferreira, Martins (Barroso 45 m), China, Davide Caseiro (Cesario 71 m), Venu, David (Cadete 62 m), Hugo Pinheiro, Ventura, Joaozinho, Nelson Oliveira e Socrates. 
Treinador: Hugo Santos 

Pelo  Terras  de  Bouro  jogaram:  Simão,  Police, Kaká, Rato, Branca, Maia , Tita, Martinho ( Rui Costa 90+4m), Ginho (Pintas 59 m), Jeremy (Té 75 m) e Gama. 
Treinador: Jorge Macedo 

Marcador: Miguel Gama ( 47 m) .

Disciplina: Amarelos: Martins ( 9 m), Jeremy ( 21 m), Maia (35 m + 77 m) , Rato ( 39 m), Té (77 m), Police (78 m),  Tita (81 m),  Cesario (85 m), Branca (86 m) .
Vermelhos: Maia ( por acumulação ) e Joaozinho (após final da partida) .





Sem comentários:

Publicar um comentário