domingo, 22 de abril de 2018

Jogo sem "Graça" valeu pelos três pontos


Venú em disputa de bola com Alexandre
Ninenses somaram nova vitoria desta vez frente ao aflito Aguias da Graça

Em jogho antecipado da 30ª Jornada da Pro-Nacional , o Ninense recebeu e bateu a equipa do Aguias da Graça , mercê do golo obtido ainda no primeiro tempo pelo suspeito do costume, Rui Gomes. 
A equipa forasteira,  que está em zona aflitiva na tabela classificativa , apareceu em Nine sedenta de pontos, mas seriam os famalicenses logo aos tres minutos a desperdiçar o golo, com Venú a cabecear por cima da baliza de Nuno .  
Os bracarenses quase marcavam perto do quarto de hora, não fosse Marafona fazer bem a mancha e desviar para canto. Na resposta, Rui Gomes remata cruzado , com o publico a gritar golo, mas a bola a raspar o poste . Aos 19 minutos, Abilio sai lesionado e dá o lugar a Jardel. 
Já perto do intervalo, acontece o golo solitario que viria a definir o resultado final.  Socrates escapa pela direita  e assiste de feição Rui Gomes inaugurando assim o marcador. 
Rochinha em lance dividido com Ruca
A segunda parte começou tal como a primeira, e com Marafona em destaque - ele porventura o grande "responsãvel" por esta vitoria - com Joao Paulo novamente na cara da baliza e o experiente guardião , desta vez com os pés a negar o golo do empate. 
Perto do minuto doze, os visitantes ficaram a pedir grande penalidade - a bola no entanto vai á cara de André - e na resposta Socrates isola-se a caminho da baliza e Leandro acaba por rasteirar o avançado ninense, recebendo ordem de expulsão. 
A jogar com menos uma unidade e em desvantagem no marcador, muitos pensariam que o jogo estaria resolvido , mas o Aguias da Graça agigantou-se e conseguia chegar com perigo á area ninense, quer em lançamentos longos, quer em bolas paradas.  Pelo meio, e até final da partida, os comandados de Hugo Santos teriam algumas oportunidades para "matar" o jogo, mas o marcador não mais de alteraria até ao apito final do arbitro Ulisses Costa. 
O trio de arbitragem esteve á altura dos acontecimentos, numa actuação quase imaculada de Ulisses Costa e sues pares. 

Num jogo onde o Ninense esteve longe de fazer o que de melhor se viu esta época, acabou por valer pelos pontos alcançados , com  Marafona a ter papel principal nas redes ninenses, mas com o Ninense a nem ter tempo para saborear a vitoria, já que na proxima Quarta-Feira recebe o Joane em jogo a contar para as meias finais da Taça AF BRAGA . 


Sem comentários:

Publicar um comentário