domingo, 1 de abril de 2018

Ninense marca presença nas meias finais da Taça

Diogo Novo sempre mais alto que os seus adversarios, marcou o golo da vitoria


Golo de Diogo Novo na recta final do prolongamento carimbou passagem na prova. 

Disputou-se este sabado em Ruivães os quartos de final da Taça AF BRAGA num derbi concelhio que opôs a equipa local ao Ninense , levando a melhor a equipa visitante ao vencer no prolongamento , após o empate a uma bola no tempo regulamentar. 
O jogo começou movimentado, e logo na primeira jogada , os homens da casa mandaram a bola ao poste. Na resposta , Nuno Afonso cobra um livre para boa defesa do guardião Gil. 
Os locais estavam bem habituados ao relvado de menores dimensões, e fruto de uma pressão alta e eficaz , conseguiam criar perigo junto das redes de Marafona. 
Perto da meia hora de jogo, o Ruivanense acabaria mesmo por se adiantar no marcador, na cobrança de um livre, Nani aparece solto de marcação na area e cabeceia sem hipoteses para Marafona .
Hugo Santos , tecnico ninense, promoveu dupla substituição ao intervalo com as entradas de Rochinha e Socrates, para tentar agitar a frente de ataque. Aos poucos, os visitantes foram tomando conta das operações, dispondo de varios livres e ocasiões para igualar. Perto da hora , ainda se gritou golo, quando Venú rematou cruzado , e a bola saiu a centimetros do poste . Hugo Santos lança a ultima cartada , com Junior a entrar no terreno de jogo.
O Ruivanense ia tentando congelar o desafio , baixando perigosamente as linhas , e tentando espreitar um contra-golpe para matar o encontro. Porém, a defesa ninense estava assertiva, com Diogo Novo e André a controlarem a oposição.
No entanto, a resistencia dos locais durou até ao minuto 77, com Rui Gomes a assistir Socrates que de cabeça empatou a partida.  Do lance, o avançado ninense lesiona-se e tem de jogar o resto do desafio condicionado, já que Hugo Santos havia esgotado as substituições minutos antes. 
Com uma unidade em sub-rendimento, o Ninense continuou mesmo assim a ser melhor em campo, mas o jogo iria mesmo para prolongamento. 
Os minutos finais foram emocionantes, mas valeu nessa altura já perto do final o golo de um dos melhores em campo, Diogo Novo.  O central ninense, que tem sido um caso impar de regularidade esta epoca, imperial a defender nas alturas , e ao minuto 114 ainda teve força e engenho para na sequência de uma bola parada rematar em acrobacia para escrever a reviravolta no marcador. 
O Ruivanense tentou o tudo por tudo , e João Pedro que havia entrado minutos antes quase empata a partida com um remate cruzado, não fosse a enorme defesa de Marafona que fez bem a mancha e desviou a bola para canto. Venú ainda teve nos pés o golo da tranquilidade,  mas o apito final soou minutos depois , com o Ninense a carimbar uma vitoria que teve tanto de saborosa quanto dificil, uma vez que esta equipa do Ruivanense tem efectivamente um bom plantel e bons principios de jogo. 
O trio de arbitragem teve prestação positiva, embora nem sempre fosse ajudada pelas duas equipas em campo, que com as emoções ao rubro, iam protestando lances e decisões do jovem arbitro Joao Ribeiro. 
As meias finais já estão definidas, e trazem novo derbi famalicense , opondo Ninense e Joane , com a certeza de que uma equipa de Famalicão irá marcar presença na grande final. 

Ficha de jogo 

1/4 Finais da Taça AF BRAGA 

Parque de jogos Capitão Fonseca (Ruivães)

RUIVANENSE 1 - AD NINENSE 1  ( 1-2 após prolongamento)

Arbitro : João Ribeiro auxiliado por Valentim Barroso e Paulo Faria 

Pelo Ruivanense jogaram: Gil, Nani, Dunio, Marco, Dias, Henrique, Helder (Marquinho 82 m), Ramadas, Rui Costa (Andre 77 m), Tiago e Camilo . 
Treinador : Martins 

Pelo Ninense jogaram: Marafona, Andre, Diogo Novo, Martins, Rui Torres , Xavier, Venú, Jonas (Junior 72 m) , Tiago Silva  (Socrates 45 m), Nuno Afonso (Rochinha 45 m), e Rui Gomes . 
Treinador : Hugo Santos 

Marcador : Nani ( 1-0 aos 30 m), Socrates (1-1 aos 77 m), Diogo Novo (1-2 aos 114 m). 

Disciplina : Amarelos : Dias (14 m), Andre (19 m), Rochinha (65 m), Junior (87 m), Marco (90+ 4m), Marafona (120 m).

Sem comentários:

Publicar um comentário