domingo, 22 de março de 2015

Seniores: Derbi famalicense deu empate a duas bolas

 
Jogo viril , nem sempre bem jogado , deu empate em derbi famalicense
 Ninenses estiveram em vantagem mas permitiram reviravolta no marcador, chegando mesmo ao empate já no cair do pano. 

Tarde de sol em Nine, e o Complexo Desportivo a acolher um derbi famalicense com duas equipas ávidas de pontos , ainda que por diferentes motivos.  O Ninense procurava acercar-se da liderança do campeonato, já o Joane procurava pontos para acalentar o sonho da permanencia , cenario cada vez mais complicado , agora que faltam sete jogos para o final do campeonato.
Quanto ao jogo em si, os primeiros minutos foram bem animados , com ambos os conjuntos a tentarem pegar nas redeas da partida, embora criando poucas oportunidades reais de golo.  Aos dez minutos , Joao Filipe tenta o chapeu a Adrian, mas a bola sai ao lado. Canetas, avançado ninense , imitaria o colega pouco depois, com a bola a sair novamente ao lado. Aos trinta minutos, praticamente no primeiro lance de perigo, o Ninense marca.  Livre cobrado pela direita, e o central China a aparecer na area e a cabecear para o primeiro da tarde. 
Capitão China inaugurou o marcador para o Ninense
O jogo acalmou e não fosse um remate de Canetas já perto do intervalo, nada mais  haveria a acrescentar no primeiro tempo. No inicio da segunda parte, o tecnico joanense Fontão faria entrar Vitor Hugo, jogador que estaria em destaque na segunda parte por distintas razões.  Minutos depois, um jogador do Joane pede para ser assistido, e os comandados de Hugo Santos colocam a bola fora do terreno de jogo.  Na reposição de bola, Vitor Hugo contorna o natural fair-play e tenta marcar o golo do empate. Do lance sai uma falta perigosa a favor do Joane, assim como duas cartolinas amarelas para os ninenses, por naturais protestos.  O lance, de certa forma , intranquilizou os locais, e Ricardo quase empata a partida, mas o remate ainda tabela em Hugo Pinheiro para canto. Canetas, avançado ninense, poderia ter sentenciado o jogo a passe de Joao Filipe, mas o guardião Adrian defendeu com bravura para canto. Praticamente no lance seguinte, Vitor Hugo empata a partida, após centro bem medido de Benicio pela direita.  
O Ninense tentou pegar na partida novamente, e por pouco conseguia nova vantagem. Primeiro é Christophe quem remata cruzado , mas a bola sai ligeiramente ao lado. Depois é Lucio Andre quem quase faz auto-golo numa tentativa de corte dentro da pequena area. 
Balanceado á procura do golo da vitoria, o Ninense sofre o segundo de contra-ataque, novamernte por  Vitor Hugo. O jogador forasteiro pega na bola e escapando á marcação , bate Andre Ferreira pela segunda vez na tarde. Os dez minutos finais da partida foram jogados de forma intensa, com os visitantes a tentarem aniquilar a partida com interrupções e jogadores no chão. Já no periodo de descontos, a jogar mais com o coração do que a razão, o Ninense chega ao empate.  Canto batido pela direita, e Hugo Pinheiro imperial nas alturas a bater Adrian e a fixar o resultado final. 
Hugo Pinheiro muito saudado pelo golo do empate
 O empate final , embora não agradando a nenhuma das partes, acaba por ajustar-se ao desenrolar da partida, já que ambos os conjuntos estiveram melhor em cada parte do desafio.
O trio de arbitragem , liderado por Renato Freitas esteve quase sempre bem, ajuizando os lances mais dificeis equilibradamente e sem influencia no resultado final. 

" O resultado acabou por ser um mal menor, mas este empate seguramente valeu mais que um ponto no futuro. Acabou por ser uma lição de humildade do adversario. Permitimos que de uma situação de vantagem ao intervalo que o adversario virasse o jogo. É um resultado que não interessou a nenhuma das equipas, mas que nos trouxe a lição de que se quisermos alcançar algo, teremos de ter alma para isso, teremos de correr e jogar sempre mais que o adversario para alcançar a vitoria nos jogos"
Hugo Santos, treinador do Ninense

Ficha de Jogo 

Campeonato Pro-Nacional AF BRAGA

Complexo Desportivo Ninense

AD NINENSE 2  - GD JOANE 2

Arbitro : Renato Freitas auxiliado por Domingos Faria e Tiago Machado

Pelo Ninense jogaram: Andre Ferreira, Hugo Pinheiro, Meira ( Luis Tiago 73 m), China, Joao Dias, Vitor Martins ( Rafa 71 m), Christophe , Barroso, Joao Filipe, Cesario e Canetas.
Treinador : Hugo Santos

Pelo Joane jogaram: adrian, Lucio Andre, Joao Andre, Ricardo, Fina, Keita, Lapinha ( Vitor Hugo 46 m), Cunha , Garcia (Ruca 67 m), Benicio (Miguel  88 m), e Carlos Filipe.
Treinador : Fontão

Marcadores: China (29 m), Vitor Hugo ( 69 m + 82 m) e Hugo Pinheiro ( 90 + 4 m).

Disciplina:  Amarelos: Lapinha ( 29 m), Cunha ( 35 m), Joao Filipe ( 42 m), Vitor Martins ( 44 m), China (53 m), Andre Ferreira ( 54 m), Benicio ( 65 m),  Adrian ( 85 m), Miguel ( 90 + 3 m).
Vermelhos: Nao houve .


Sem comentários:

Publicar um comentário